Além das vagas no prédio oficial e em estacionamento privado, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista conta com espaço reservado na rua Coronel Gugé.

Simples placas, modelo que pode ser encontrado em qualquer papelaria sem nenhum símbolo oficial indicam a proibição de parada, no entanto os próprios vereadores e aliados deixam os seus veículos livremente.

Porém no final da manhã desta quinta-feira (19) o Sistema Municipal de Trânsito (SIMTRANS) foi acionado e notificou automóveis de condutores que provavelmente votaram, mas que não tem ligações diretas com os parlamentares.

Vale observar que os carros dos edis e correligionários não tem identificação, porém tem a sua vaguinha em dias de sol ou chuva sem receber alerta do SIMTRANS. O presidente da Casa, Hermínio Oliveira Neto (PPS), ainda não se manifestou sobre esse Paradoxo Conquistense.