Rafa Chaves revelou que contratação de Khill, ex-Patchanka, o pegou de surpresa. Diretoria disse a ele que eram “boatos”. Rafa estava desde 2013 no vocal do Chiclete.

Os fãs do Chiclete com Banana não verão Rafa Chaves à frente da banda no próximo carnaval, que está prestes a começar. O grupo anunciou que o cantor foi demitido e substituído por Khill, vocalista da Patchanka. A troca foi anunciada nas redes sociais e pegou Rafa de surpresa.

“Tudo na vida tem um ciclo e a diretoria decidiu que o nosso chegou ao fim.

Da minha parte, fui pego de surpresa na boca do Carnaval”, declarou o cantor. O artista ocupará o posto de Rafa Chaves, que assumiu a banda após a saída de Bell Marques. Em dezembro do ano passado, um dos sócios da Chiclete, Rey Gramacho, conversou com o BNews sobre o futuro da banda. “Esta história vem há quatro anos e tudo começou quando o Gabriel Cruz, sócio da Barão Produções, nos procurou para a Barão agenciar o Chiclete. Algumas pessoas presenciaram isso e logo ligaram ao nome de Kill, já que a Barão agencia o cantor.

A rescisão, no entanto, ainda não foi documentada. “Não sei de nada ainda. A única coisa que penso é que faltam 23 dias para o Carnaval. Vou respirar, aproveitar para pensar em algo, ficar fortalecido para entender todas as situações. Pra mim ainda não se oficializou. Não recebi nada da minha saída, sabe? Eles decidiram colocar o anúncio”.

O cantor que estava na banda desde 2013 diz que ainda nem sabe o que sentir a respeito. “Não sei se vou ficar chateado. Tá tudo muito solto e confuso. Preciso saber quais serão os próximos passos deles, pois optaram por antecipar a decisão. São quatro anos de estrada”. Em outubro de 2017, os boatos sobre a substituição de Rafa já tinham aparecido. “A diretoria me fez dizer que naquele momento era só um boato. Informaram que uma proposta havia sido realizada, mas que não aceitaram e, por isso, era só um boato. Foi o que disse. Não preciso mentir, sabe?”, finalizou. Bahia Notícias.