maio 2018
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: 16/maio/2018 . 19:56

Conquista: Homem é condenado após tentar matar companheira com golpes de porrete

Nesta quarta-feira, 16 de maio, foi levado a julgamento pelo Tribunal do Júri de Vitória da Conquista, Geraldo Antônio de Souza, acusado da prática de tentativa de feminicídio. De acordo com Promotor de Justiça José Junseira Almeida de Oliveira, que atuou na acusação, o réu tentou matar a sua companheira, desferindo golpes de porrete na cabeça da vítima. O fato ocorreu no dia 24 de agosto de 2017, no interior de uma residência localizada no Bairro Conveima II, na cidade de Vitória da Conquista. O conselho de sentença condenou o acusado a 4 anos e 4 meses de reclusão. O representante do Ministério Público mostrou-se satisfeito com o resultado do julgamento. Na defesa atuou o Defensor Público Marco Aurélio Campos. A sessão de julgamento foi presidida pelo juiz de Direito Reno Viana

(Fonte: Vara do Júri e Execuções Penais- VCA-BA)

:: LEIA MAIS »

Conquista: Vídeo mostra ação de bandido em assalto a mercado no bairro Brasil

Com revólver na mão e capacete o bandido ameaçou funcionários e saqueou os caixas do mercado.

:: LEIA MAIS »

Bahia: Mulher é presa após amarrar filho de 12 anos em árvore do quintal de casa em Palmas de Monte Alto

Uma mulher foi presa por amarrar o filho de 12 anos a uma árvore do quintal de casa, na cidade de Palmas de Monte Alto, no Sudoeste Baiano. Segundo a polícia, ela disse ter prendido o garoto porque ele era inquieto e pegava frutas do quintal da vizinha. O caso aconteceu no sábado (12), mas foi confirmado ao G1 nesta terça-feira (15). Conforme a polícia, Hélia Fagundes Pereira da Silva foi conduzida à delegacia e liberada após prestar depoimento. Ela foi presa depois que a Polícia Militar recebeu denúncias anônima de vizinhos, com relação a maus tratos contra a criança. O Conselho Tutelar foi informado da situação e acompanha o caso. Segundo a polícia, caso as denúncias sejam comprovadas, ela pode responder por maus-tratos. A polícia não tinha informações relacionadas ao pai do garoto.

Conquista: Polícia Federal vai a Prefeitura colher informações sobre obras

A prefeitura de Vitória da Conquista recebeu nesta quarta-feira (16) uma e-mail da Superintendência Regional da Polícia Federal no Paraná com ofício solicitando documentos e perícia em diversas obras realizadas na cidade com contratos firmados há mais de 10 anos

No e-mail, o perito João José Valim, do setor técnico científico, afirma que há uma “investigação policial em aberto” e que foi solicitado à PF “exame pericial nas obras da 1ª etapa, 2ª etapa e ciclovia da Avenida Juracy Magalhães”.

A PF afirma que está em posse de parte da documentação necessária “encaminhada à AGU”, porém salienta que “não foram localizadas algumas informações relevantes”, e por isso solicitou planilhas e outros documentos referentes à 1ª etapa da duplicação da Avenida Juracy Magalhães (convênio 174846-73); 2ª etapa da duplicação da Avenida Juracy Magalhães (convênio 193819-42); e ciclovia da Avenida Juracy Magalhães (convênio 194354-58).

A equipe da Polícia Federal vai a Conquista no dia 23 de maio, quando fará levantamento da documentação na prefeitura. Nos dias 24 e 25 serão realizados os exames de campo. Os agentes da PF deverão ser acompanhados por um técnico da prefeitura e um agente de trânsito.

O advogado da prefeitura de Vitória da Conquista, Ademir Ismerim, em matéria no Bocão News, que o oficio foi recebido hoje e que eles vão fazer o levantamento dos convênios das obras que estão indicando: “vamos providenciar e localizar os convênios para deixar à disposição, além de todas as informações”.

Bahia: Jovem denuncia que foi torturada e teve cabelos cortados por ex-marido, filho de prefeito

A filha do prefeito da cidade baiana de Muniz Ferreira, Clara Emanuele Santos Vieira, denunciou ter sido ter sido torturada pelo ex-marido, na cidade de Santo Antônio de Jesus, a 187 km de Salvador. Ao G1, ela contou ter recebido socos no rosto, teve os cabelos e dedos cortados. Segundo a vítima, o homem também agrediu o filho deles, de um ano, e pai dela, com spray de pimenta.

O ex-marido de Clara foi identificado como Filipe Pedreira, filho do prefeito de Salinas das Margaridas, Wilson Ribeiro Pedreira. O G1 não conseguiu contato com o suspeito e nem com pai dele até a publicação da reportagem.

No Instagram, a vítima publicou imagens com hematomas no olho e disse que o celular dela foi destruído. A situação acabou gerando a campanha “#todosporclara” nas redes sociais. A página da campanha Todos por Clara no Instagram já tinha mais de 20 mil seguidores até a manhã desta quarta-feira (16).De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), após a agressão, a Polícia Militar foi chamada, mas a jovem teria negado o crime. Posteriormente ela fez a denúncia, mas o suspeito não foi preso, porque o tempo do flagrante já havia passado. Felipe foi ouvido e liberado pela Polícia Civil, que pediu a prisão dele à Justiça e aguarda decisão.

Na conta de Clara no Instagram, ela conta, por meio dos Stories, que o celular dela foi destruído pelo ex-companheiro. “Esse celular foi presente de meu pai e ele [o ex-companheiro], a pessoa que entreguei minha vida, destruiu não só meu celular, meu psicológico, minha integridade”, diz a publicação.

Ela ainda publicou que o agressor teria dito que “as agressões que aconteceram da minha parte foram apenas para me proteger”. Em resposta isso, ela diz: “Não vou desistir de lutar”.

“As marcas continuam me assustando, só que são as da alma”, publicou Clara, ao mostrar uma foto com marcas da agressão no rosto.

A SSP-BA também informou que um pedido de medida protetiva foi feito com urgência pela Polícia Civil e aceito pela Justiça. Por conta disso, o suspeito da agressão tem que permanecer distante 100 metros da vítima.

A secretaria também disse que os laudos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de lesão corporal e do local da agressão estão em fase final.

Conquista: Comércio de Conquista funcionará no dia de Corpus Christi


A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Vitória da Conquista divulgou um comunicado informando que o comércio na cidade funcionará normalmente durante o dia de Corpus Christi, comemorado em 31 de maio.

Corpus Christi é um feriado nacional no qual a igreja católica festeja o corpo de Cristo representado na Eucaristia. A data pode ser calculada como sendo a primeira quinta-feira após a Festa da Santíssima Trindade ou então 60 dias após o domingo de páscoa.

Na lista divulgada pelo Governo do Estado, a data será ponto facultativo nas repartições baianas. As instituições federais também terão as atividades suspensas nesse dia.

Bahia: Homem mata cunhado, atira em irmã e incendeia a casa dela

Um homem identificado como Paulo Teixeira de Souza, de 32 anos, matou o cunhado, atirou na irmã, colocou fogo na casa dela e depois se matou, na manhã desta terça-feira (15), na cidade de Wanderley, no oeste da Bahia. Segundo a polícia, a mulher de Paulo também foi ferida, mas não há detalhes do estado de saúde dela.

De acordo com a Polícia Civil, primeiro, Paulo matou o cunhado, de 55 anos. Em seguida, ele foi atrás da irmã. A Polícia Militar, que esteve no local logo após o ocorrido, informou que a irmã de Paulo, mesmo ferida, conseguiu sair da casa em chamas e pedir socorro a vizinhos. Ela foi levada para o Hospital do Oeste, em Barreiras. Não há informações sobre o estado de saúde dela.

Após os crimes contra os familiares, Paulo atirou na própria cabeça. A PM informou, ainda, que isolou a residência e acionou a perícia técnica. Não há informações sobre sepultamentos. A Polícia Civil investiga o caso. :: LEIA MAIS »

Homem é esfaqueado na frente de delegacia em Salvador; suspeito acaba preso

Segundo a Polícia Civil, o autor tem problemas mentais e foi detido pelos agentes da DRFR.

Participe do nosso grupo no WhatsApp. Clique aqui!

Um homem que não teve a identidade revelada foi esfaqueado na porta da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), localizada na Baixa do Fiscal, em Salvador. Segundo o repórter da TV Aratu, Murilo Vilas Boas, a tentativa de homicídio aconteceu na manhã desta quarta-feira (16/5).

Procurado, o Centro Integrado de Comunicação das Polícias (Cicom), que deveria registrar casos como esses, disse que não recebeu informações sobre o crime. A vítima foi atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e seu estado de saúde não foi informado.

Segundo a Polícia Civil, o autor tem problemas mentais e foi detido pelos agentes da DRFR.

Brutal: Policial civil invade gabinete de Câmara de Vereadores em MG e mata a ex-esposa

Crime ocorreu em Contagem, região da BH, na manhã desta quarta (16). Quatro tiros foram disparados pelo assassino, já identificado.

Participe do nosso grupo no WhatsApp. Clique aqui!

Uma secretária do vereador Jerson Braga Maia, o Caxicó (PPS), foi morta a tiros na manhã desta quarta-feira, dentro do gabinete do parlamentar na Câmara Municipal de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte. A Polícia Militar informou que o autor dos disparos é Cláudio Roberto Weichert de Passos, escrivão da Polícia Civil e lotado na Delegacia de Plantão de Betim, também na Grande BH. Testemunhas apontaram um relacionamento amoroso anteriormente entre os dois. De acordo com as informações repassadas pela assessoria de imprensa da Câmara, a vítima, Ludmila Leandro Braga, de 27 anos, já estava trabalhando quando foi assassinada.

O autor do crime entrou pela porta principal da Câmara, se identificou como autoridade policial, mostrou a carteira que constava o registro de escrivão da Polícia Civil e conseguiu entrar no prédio com a arma porque não há detector de metais no local. Após tirar uma foto e passar pela roleta, Cláudio virou à direita e entrou no gabinete do vereador Caxicó, um dos primeiros do corredor, próximo à portaria. Ludmila estava sozinha na sala e foi morta com quatro tiros por volta de 9h. A arma usada no crime é uma pistola de calibre .40. :: LEIA MAIS »

Sergio Moro recebe prêmio ‘Pessoa do Ano’ nos Estados Unidos

O reconhecimento, dado pela Câmara de Comércio Brasil-EUA, foi entregue por João Doria (PSDB), contemplado com a titulação em 2017

O juiz federal Sergio Moro recebeu o prêmio “Pessoa do Ano” na noite de ontem (15), em Nova York, nos Estados Unidos. O reconhecimento, dado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, foi entregue pelo então detentor do prêmio: João Doria (PSDB), ex-prefeito de São Paulo, homenageado em 2017.

Em discurso, o tucano disparou elogios ao magistrado. “Os brasileiros de bem presentes a esse jantar promovido pela Câmara certamente estão aqui porque gostam de você [Moro] e apreciam o seu trabalho, exatamente o oposto daqueles brasileiros, que estavam lá fora falando impropérios e querendo destruir a reputação de um juiz com a dignidade e a grandeza de Sergio Moro. São as mesmas pessoas que querem que o Brasil volte a um tempo do qual nós não temos nenhuma saudade”, disse Doria, ao criticar também manifestantes que protestavam do lado de fora do evento.