:: jun/2018

Posto que não baixar preço do diesel pode ser multado e interditado

O governo firmará um acordo com a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis) para garantir o repasse do desconto de R$ 0,46 no litro do óleo diesel ao consumidor.

Participe do nosso grupo no WhatsApp. Clique aqui! 

Em um Termo de Cooperação Técnica, governo – por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) –, federação e distribuidoras se comprometem a fazer o desconto chegar na bomba de combustível.

O acordo será assinado amanhã (1º), às 11h, no Ministério de Minas e Energia e foi anunciado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, em entrevista coletiva na noite de hoje (31) no Palácio do Planalto.

Padilha destacouas punições possíveis àqueles que não repassarem o desconto: multas de até R$ 9,4 milhões, suspensão temporária das atividades, interdição dos estabelecimentos e até mesmo cassação da licença.

A fiscalização será realizada pelos Procons estaduais. Caso um consumidor, ao abastecer com diesel, verificar a não aplicação do desconto, poderá fazer a denúncia ao Procon.

Padilha informou ainda que um número de telefone será usado como canal de comunicação para essas denúncias.

Sem caminhões parados em rodovias federais

De acordo com o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Renato Dias, não existe mais nenhum ponto de aglomeração dos caminhoneiros nas rodovias federais. Dias fez um apelo para que os caminhoneiros fiquem atentos a lideranças que incitam novas paralisações.

“A pauta foi exaurida. O governo está garantindo os R$ 0,46 na bomba. Não deixem que falsos líderes com interesses diversos dos interesses do caminhoneiros usem vocês para agitar e fazer baderna nas rodovias federais”.

Dias destacou que podem haver eventuais interdições parciais em rodovias, mas não significam que se trata do mesmo movimento. De acordo com ele, a PRF lida com interdições diariamente, provocadas por motivos diversos.

Bahia: Motociclista morre e namorado fica ferido em grave acidente com moto nesta quinta

Patricia Ferreira Elias, de 22 anos, que pilotava a motocicleta, teve um ferimento grave na cabeça e morreu enquanto era socorrida. Populares incendiaram o carro que atingiu a moto.

Uma mulher de 22 anos morreu e um homem 20 ficou gravemente ferido em um acidente na Avenida Elmo Serejo de Farias, no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), na noite desta quinta-feira (31). O casal estava em uma motocicleta que colidiu com um carro. O acidente ocorreu na altura do Laboré, no Bairro Ponto Parada, por volta das 19h00, perto do cemitério São Miguel. De acordo com informações enviadas a redação do Simões Online, o casal de namorados estava a bordo de uma motocicleta e teria sido fechado pelo veículo modelo HB20, que ao tentar fazer uma ultrapassagem, acabou atingindo os jovens frontalmente.

Com o impacto da batida, as vítimas foram arremessadas ao solo. A mulher, identificada como Patricia Ferreira Elias, 22 anos, que estava pilotando a motocicleta, teve um ferimento grave na cabeça e morreu a caminho da unidade de saúde. Já o carona, que teve lesões graves em várias partes do corpo, foi identificado como Alan Melo do Santos, 20 anos. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), que realizou os primeiros atendimentos ainda no local do acidente e em seguida, encaminhou o rapaz para o Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), sendo transferido logo em seguida para o Hospital Geral do Estado (HGE), na capital baiana.

:: LEIA MAIS »