Quatro pessoas foram mortas na madrugada deste sábado (30), no povoado de Campo Limpo, zona rural de Serrinha, nordeste do estado. Segundo informações do delegado Mousart Cavalcanti, homens encapuzados invadiram a casa em busca do traficante Jaquison Chagas do Espírito Santo, o Jaquinho de Periperi, 35, e acabaram matando outras pessoas que estavam na residência. “Quatro a seis homens invadiram a casa por volta de quatro e meia da manhã perguntando por ele. Gritaram perdeu, perdeu. Mandaram deitar no chão e executaram os quatro no chão da cozinha”, contou o delegado.

Na ação, foram mortos além do traficante, sua companheira Milene Gomes dos Santos, 27, o dono da roça e compadre de Jaquinho Cleidir Lopes dos Santos,35, e o caseiro Roberto Santos Pereira. No crime foram usadas armas “pequenas”, o que a polícia suspeita que sejam revólveres ou pistolas. Segundo o portal Correio, Jaquinho é traficante em Salvador e atua no bairro de Periperi e, inclusive, já tinha passagem pela polícia por este tipo de crime. Até o momento, não há indícios que as outras vítimas também tenham envolvimento com o crime. O traficante e a esposa, Milene, vieram para Serrinha para passar as festas de São João e São Pedro.

“O crime não tem ligação com Serrinha. As pessoas vieram de Salvador para matar ele”, apontou Cavalcanti, que investiga a autoria e motivação da chacina. Segundo a Polícia Militar, as vítimas foram mortas por disparos de arma de fogo. Uma equipe do Serviço de Investigação em Local de Crime (SILC) foi acionada para a realização dos procedimentos legais e periciais. Cinco testemunhas já foram ouvidas. A casa estava cheia no momento da invasão, dormiam no local cerca dez pessoas. Além de executar as vítimas, os bandidos levaram todos os celulares e chaves de veículos que estavam na residência para evitar qualquer tipo de comunicação.