Vítima de disparo de arma de fogo durante roubo de sua motocicleta na quarta-feira (15), no distrito de Samambaia, Júlio César Andrade Silva, de 25 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira (16), no Hospital Professor Magalhães Neto, em Brumado. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, Júlio César era motorista em uma empresa de perfuração de poços artesianos no município e sempre realizava o percurso até o trabalho de madrugada, pois tinha de percorrer a BR-030. No entanto, na quarta-feira, ele foi covardemente atingido nas costas por um disparo de espingarda do tipo chumbeira, vindo a desmaiar com vários fragmentos de chumbo alojados pelo corpo, os quais atingiram algumas áreas vitais.

A vítima chegou inconsciente na unidade de saúde após receber os primeiros socorros do Samu 192 no local. No hospital, depois de constatada a gravidade do seu quadro clínico, o jovem foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde passou por procedimento para retirada dos projéteis. O seu quadro de saúde se agravou na madrugada de hoje (16) e Júlio César não resistiu. A polícia civil iniciou as investigações desde a manhã de ontem com o intuito de elucidar o crime.