Foi preso na tarde deste sábado (1º) o líder da quadrilha acusada de roubar R$ 400 mil de um shopping de Vila Velha, no dia 15 de maio. William Alves de Souza Filho, conhecido como “Nem Bomba”, faz parte do Primeiro Comando da Capital (PCC). O criminoso, originário de Vitória da Conquista, que era o mais procurado da Bahia, foi preso em Pernambuco. No roubo do malote em um shopping de Vila Velha, William contou com a ajuda de outros cinco bandidos que também fazem parte do PCC. “Nem” estava sendo monitorado pela Polícia Civil do Espírito Santo. Com ajuda das informações do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), policiais civis da Bahia foram levados ao bandido e efetuaram a prisão.

Em nota, a Polícia Civil de Pernambuco informa que prendeu, na tarde deste sábado (1), em Vitória de Santo Antônio (PE), o líder da facção BNB/TD2, Willians Alves de Souza Filho (Nem Bomba), que organizou o assalto aos malotes em um shopping de Vila Velha. Informa, também, que prisão ocorreu com base nas informações passadas pelo Deic da PC/ES. A nota diz que Willians estava sendo monitorado pela equipe desde a última quarta-feira (29), e estava usando documentos falsos. De acordo com o chefe do DEIC, o delegado Romualdo Gianordolli, o detido é considerado o criminoso mais procurado da Bahia e tentava se estabelecer no ES. A Polícia Civil informa, ainda, que não há previsão para a transferência de Willians para o Espírito Santo.

.Resultado de imagem para nem bomba