Em pronunciamento na manhã dessa sexta-feira (07), o vereador Professor Cori externou sua desaprovação ao tratamento dispensado pelo governo de Herzem Gusmão Pereira para com os professores da Rede Municipal de Ensino.

“Tratem os professores com respeito ou a gente trava o orçamento”.

O pronunciamento foi acompanhado por representantes do Simmp que participaram de uma reunião com o vereador, antes da sessão.

Segundo o edil, logo após a greve, de 17 dias, o sindicato sentou com o Governo e elaborou um calendário de reposição das aulas, que foi aprovado pelo Conselho Municipal de Educação, porém, até o momento a gestão não sinalizou para o pagamento dos dias de greve que estão sendo repostos. O vereador também denuncia que os professores estão sendo obrigados a repor dias que não tiveram aula por conta da má gestão municipal, sendo na maioria dos casos as higienizações nas escolas e falta de transporte escolar.

Cori também destacou que, até agora, o Prefeito não pagou “nenhum centavo”, referente ao retroativo do reajuste salarial da data base, que é no mês de maio.

“Estão tratando os professores com revanchismo…”. “…Cartão vermelho para quem quer tratar movimento de mobilização social com revanchismo.”

Invocando a responsabilidade do Legislativo Municipal, o vereador intimou os colegas e mandou recado ao alcaide conquistense: “Está na hora desta casa se posicionar. Tratem os professores com respeito ou a gente trava o orçamento”. Veja o pronunciamento do vereador;