Após sessão tumultuada em que saiu escoltada pela Polícia Militar na última segunda-feira (17), o presidente da Câmara Municipal de Crisópolis, Francisco Evandro Montalvão dos Santos, convocou para as 17h desta sexta-feira (21) uma sessão extraordinária para votar a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019 e a eleição na nova Mesa Diretora.

Na segunda, o tumulto começou quando Montalvão pediu que a 1ª secretária lesse a introdução e a conclusão dos pareceres 004 e 005/2018 do Projeto de Lei nº 09/2018, o que foi questionado pelo vereador José Gilney da Silva Severo. Segundo ele, os pareceres deveriam ser lidos em sua totalidade.

Em outro momento, o José Gilney da Silva Severo questionou a aprovação da emenda modificativa nº 001/2018. Após encerrar a sessão e se trancar no gabinete devido a protestos inflamados do público das galerias, Montalvão deixou a Câmara escoltado por policiais.

Contas

Em novembro, os vereadores reprovaram as contas do prefeito Edinal Costa (PSC), relativas ao exercício de 2016. Entre as irregularidades apontadas estão atrasos no pagamento de servidores e contratação de empresa contábil e de artistas e bandas sem licitação e sem atender requisitos legais.

Também em novembro, o Legislativo convocou a primeira-dama e secretária municipal de Desenvolvimento Social, Linete Francisca de Aguiar Costa, para prestar esclarecimentos sobre supostas irregularidades nos programas Minha Casa, Minha Vida e Bolsa Família. Ela, porém, não teria comparecido.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook