“É com grande tristeza que comunicamos o falecimento de meu pai Gildasio Amorim Leite, ator, diretor teatral, aos 73 anos. O velório e enterro acontecerá em Vitória da Conquista. Em breve comunicamos o local. A família em luto antecipa os agradecimentos”. Foi assim que Pauline confirmou nas redes sociais o falecimento de seu pai. Filho de Janoca, neto de Tecla, filho de Zé Gonçalves, neto de Inocêncio, pai de Pauline, Paulo Tiago, Gabriele e João Gabriel, garoto precoce e dono de uma extraordinária inteligência, Gildásio Leite integrava aquele grupo seleto e raro de intelectuais que conseguiram dar o salto nas gerações.

Ele teve a habilidade para reinterpretar os movimentos sociais, políticos e culturais, incluir-se nesses movimentos pela porta da frente, e que, especialmente, não perdeu o brilho nem a mais sofisticada arma do ser humano contra as opressões cotidianas: a capacidade de sonhar, segundo descrito pelo blogueiro Fábio Sena. Ainda não foram informados locais de velório e sepultamento, aos enlutados nossos sinceros sentimentos.

CLIQUE AQUI para ler um entrevista histórica de Gildásio ao Blog do Fábio Sena.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook