O incidente foi revelado pelo radialista Deustede Dias, no programa Redação Brasil. O fato ocorreu na Praça Barão do Rio Branco.

Testemunhas relataram que Pereira Gusmão chegou a Praça com a intenção de pegar um táxi. Ele cumprimentou vários taxistas, mas um deles se negou a estender a mão e fez duras críticas ao alcaide. Foi o suficiente para o prefeito perder o controle e alegar que era a ‘a maior autoridade dessa cidade’ e que estava sendo desrespeitado. O taxista não se intimidou e continuou a externar sua indignação com o líder do executivo.

Foi preciso a turma do deixa disso entrar em ação e evitar que Pereira Gusmão saísse nos tapas. Após o vexame, o prefeito pegou o celular e ligou para um taxista conhecido para pegá-lo no Cento