Não se sabe o motivo, mas a Prefeitura de Vitória da Conquista voltou a “fechar as portas” para a TV Sudoeste. De acordo com o apresentador do Bahia Meio Dia, nesta quarta-feira (13), a Administração Municipal teria sido convidada para uma reportagem especial sobre Dependência Química, no entanto não disponibilizou nenhum profissional e também negou o acesso da equipe ao Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-AD). “Deixe eu só explicar aqui para o telespectador que nós entramos em contato com a Prefeitura de Vitória da Conquista, nosso intensão era fazer uma reportagem no CAPS-AD, que é o CAPS Álcool e Drogas, saber como é que funciona lá o serviço, como é que a população pode ter acesso, as pessoas que queiram procurar esses…
…serviços aí para o tratamento de Dependência Química, mas infelizmente a Prefeitura não quis participar dessa discussão e nem autorizou a nossa equipe filmar lá no CAPS-AD, conversar com os profissionais e também se alguma pessoa que estiver passando por tratamento quisesse também dar algum depoimento para gente. A gente lamenta bastante porque é um serviço público municipal e a comunidade fica privada dessas informações que deveriam ser prestadas pela Prefeitura Municipal que tem o compromisso de prestar informação à comunidade. A gente lamenta bastante isso”, queixou o jornalista e advogado Judson Pereira de Almeida, natural de Jequié onde começou a sua carreira na comunicação como radialista.