Após incessantes buscas, a Polícia Militar conseguiu capturar Edvan Santos da Silva, que matou a ex-esposa, Itamara Santos Caires e o irmão dela, Iranildo Ribeiro Santos, no povoado de Cachoeirinha em Barra da Estiva na última quinta-feira (18). O suspeito foi capturado no município de Ituaçu na noite de ontem (19), ele estava em fuga quando caiu em um buraco de mais de 10 metros de profundidade e foi alcançado pela polícia e preso, populares que ouviram os gritos de Edvan pedindo socorro foi quem acionaram a guarnição da pm que já realizada buscas na localidade.

A princípio Edvan foi encaminhado ao hospital e, posteriormente, foi levado para a Coordenadoria de Policia Civil de Brumado, onde se encontra a disposição da justiça uma outra pessoa de prenome Aliomar também foi preso, o mesmo teria dado guarida ao fugitivo no dia do crime que abalou a população local e teve repercussão regional. Segundo o site Informe Barra, as diligências que culminaram na prisão de Edvan contou com o apoio da PM, Polícia Civil e Cipe.

O crime

Foi identificada a vítima de um crime brutal ocorrido na manhã desta quinta-feira (18) no Povoado da Cachoeirinha, e que abalou toda a população de Barra da Estiva. De acordo informações obtidas pelo Informe Barra, um homem identificado como Edvan Santos da Silva, ex-companheiro da vítima, Itamara Santos Caires, teria invadido sua residência e disparado tiros contra a pessoa de Maria Santana Santos, mãe da vítima, e Iranildo Ribeiro Santos.

Ainda segundo informações, em Seguida, Edvan levou Itamara para fora da residência e disparou vários tiros em sua direção. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O crime, segundo a polícia, foi motivado por ciúmes e diligências estão sendo realizadas em busca do autor. Maria e Iranildo foram socorridos para Vitória da Conquista. Iranildo acabou falecendo um dia depois.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook