Cristiano, da dupla sertaneja com Zé Neto, passou mal e não se apresentou na noite de quarta-feira (29) no show na cidade de Jataí, em Goiás. O cantor foi diagnosticado com uma crise de apendicite e passou pela cirurgia de retirada do apêndice. A assessoria de imprensa da dupla confirmou a notícia para QUEM na manhã desta quinta-feira (30). De acordo com Zé Neto, o parceiro musical se queixou ao sentir fortes dores abdominais e foi levado a um hospital de Jataí. A cirurgia, no entanto, aconteceu em um hospital de São José do Rio Preto, onde vivem.

“Quero agradecer o carinho que tiveram comigo e a compreensão com o meu irmão. Enquanto estávamos nos deslocando para o show, o Cristiano começou a sentir fortes dores abdominais e já foi para um hospital de Jataí. Aí, foi diagnosticado com a tal da apendicite”, explicou o cantor, contando que, na sequência, ele foi transferido para um hospital da cidade onde moram para passar pelo procedimento cirúrgico da retirada do apêndice.

No início da madrugada desta quinta-feira (30), Zé Neto foi às redes sociais para tranquilizar os fãs. “A cirurgia foi um sucesso. Se Deus quiser, logo ele estará 1000%. Obrigado ao público de Jaí por ter sido a minha segunda voz no show.” Em nota, a assessoria de imprensa da dupla informa que Cristiano tem alta prevista para sexta-feira (31). “Informamos que na noite de quarta-feira (29) o cantor Cristiano, dupla Zé Neto, foi submetido a uma cirurgia de emergência devido à apendicite. O sertanejo passou mal um pouco antes da apresentação em Goiás. O procedimento foi realizado no Hospital de Base, em São José do Rio Preto, São Paulo. Cristiano passa bem e agradece a todos pelas orações. A alta do artista está prevista para sexta-feira (31), mas deverá ficar em repouso durante alguns dias, por recomendação médica. Zé Neto cumprirá a agenda de shows normalmente. Agradecemos a compreensão de todos e, em breve, os parceiros estarão juntos nos palcos de todo o país.”