No final da tarde dessa terça-feira (18) em Andrequicé, comunidade localizada no município de Presidente Olegário, a polícia registrou a morte de Sâmia Pereira Gonçalves, de 26 anos. O crime aconteceu por volta das 17h, em um bar. Um homem de 47 anos ficou ferido e o autor do ainda não foi encontrado. Segundo informou a Polícia Militar, Sâmia Pereira, saiu da cidade de Varjão de Minas acompanhada por um amigo para passear na localidade e nadar no Rio Andrequicé.

Os dois estavam em um bar, quando Altamir Geraldo de Freitas, de 33 anos, entrou no local armado com uma faca, afirmando que tinha sido vítima de roubo, cometido por um homem com quem ele estava bebendo. Ainda conforme a PM, para tentar acalmar os ânimos, Sâmia pediu para que Altamir guardasse a faca, momento em que foi atacada e atingida com um golpe no pescoço. Devido ao gravíssimo ferimento, ela morreu no local, antes mesmo de ser socorrida. Um homem de 47 anos, também ficou ferido, mas de raspão na altura do peito. O suspeito do crime, Altamir Geraldo de Freitas, fugiu do local e ainda não foi encontrado pela polícia.

Polícia tenta prender suspeito

A Polícia Militar está fazendo buscas para tentar localizar Altamir Geraldo de Freitas, suspeite do crime no povoado de Andrequicé na tarde desta terça-feira(18/06), que vitimou Sâmia Pereira Gonçalves. O crime chocou os moradores do pequeno povoado que fica há 60 quilômetros de Presidente Olegário. Segundo informações do boletim de ocorrência, o dono do bar relatou que Altamir chegou no local aparentando estar bastante embriagado e pediu um frasco de cachaça. Em seguida, ele pagou com uma cédula de 50 reais, pegou o troco e sentou em uma mesa do lado de fora do bar, juntamente com dois irmãos.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Após tomarem junto um pouco da cachaça, Altamir retornou para dentro do bar e questionou o proprietário sobre o troco, momento que a testemunha respondeu que já havia entregado o dinheiro. Ainda segundo o dono do bar, nesse momento, o suspeito respondeu: “Então esses dois me furtaram”. Em seguida, Altamir foi até seu carro, pegou uma faca e retornou para o bar. Quando ele se dirigia em direção aos dois homens, Sâmia disse para o suspeito: Pra que essa faca, moço? Guarda isso! Nesse instante, Altamir desferiu um golpe no pescoço da vítima, que caiu no chão e perdeu muito sangue, vindo a falecer. O autor fugiu e a Polícia Militar está fazendo buscas na região para tentar localizá-lo. A perícia Técnica da Polícia Civil esteve local e realizou os trabalhos de praxe. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Patos de Minas.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

A imagem pode conter: 1 pessoa