Imagens fortes: Oito suspeitos de envolvimento na morte de um policial militar em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, nessa segunda-feira (1º), foram mortos durante confronto com a Polícia Militar entre Barra de São Miguel e Riacho de Santo Antônio, na Paraíba, na manhã desta terça-feira (2).

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Segundo a PM, seis homens e duas mulheres foram mortos na operação. Entre os homens está um vereador de Betânia, município no Sertão do Estado. Os corpos foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Cruz do Capibaribe.

A operação foi integrada e contou com a participação das PMs de Pernambuco e da Paraíba. Dois helicópteros do Grupo Tático Aéreo (GTA) deram apoio à ação policial.

Morte de PM

Um policial morreu e outro ficou ferido após uma perseguição com troca de tiros, na manhã desta segunda-feira (1º), em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste. De acordo com informações da Polícia Militar, os policiais do 24º Batalhão da PM (responsável pela área) faziam ronda de rotina no local, quando houve o assalto a uma casa lotérica.

Os agentes entraram em combate com os assaltantes. Durante a troca de tiros, o soldado André Silva morreu e o sargento Moacir ficou ferido.

Suspeitos de terem matado um policial militar durante perseguição após assalto em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco, foram mortos na manhã desta terça-feira (02), na Paraíba, durante confronto com a Polícia Militar dos dois Estados. Várias viaturas participaram da operação.

Foram oito mortos – seis homens e duas mulheres. Após o procedimento na Delegacia de Santa Cruz e na UPA da cidade, os corpos serão encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru. Armas de fogo foram apreendidas com a quadrilha.

O confronto, que contou com apoio de dois helicópteros do Grupo Tático Aéreo (GTA), aconteceu entre os municípios de Barra de São Miguel e Riacho de Santo Antônio. Entre os mortos, há um vereador do município de Betânia, no Sertão.

Quatro dos suspeitos mortos participaram do assalto a um mercadinho e na morte do policial militar André José da Silva, 32 anos. Um sargento foi baleado e se recupera no Hospital Regional do Agreste (HRA). Os outros envolvidos teriam participado do resgate da quadrilha.