O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou nesta segunda-feira (15) que as passagens aéreas no Brasil devem iniciar um processo de redução de preços a partir de setembro. De acordo com Freitas, esse processo será motivado por um aumento da competição no setor, após a entrada de companhias aéreas no país. “A gente começa a perceber novas empresas vindo para o Brasil. Novas empresas significa mais competição e isso vai ter um reflexo na tarifa”, disse o ministro.

Após o pedido de recuperação judicial da Avianca, o que reduziu a oferta de voos no país, o preço das passagens apresentaram forte alta. Entre maio e junho, por exemplo, as tarifas aéreas tiveram alta de 18,98%, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Freitas afirmou que o governo vem tratando com companhias de baixo custo que estão dispostas a atuar no Brasil. Segundo ele, a entrada de novos competidores no mercado também está fazendo os atuais operadores investirem em novos aviões. “As empresas que estão atuando no Brasil estão começando a adquirir frota, vendo esse movimento. Vamos perceber o número de aviões aumentar e isso também terá efeito na tarifa. Vamos começar a perceber isso a partir de setembro”, disse.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook