julho 2019
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

:: 31/jul/2019 . 5:50

Tristeza: Jovem de 23 anos tem morte cerebral confirmada após cair de moto em rodovia

A jovem Yara Siqueira, de 23 anos, morreu dois dias depois de um acidente de moto sofrido na noite de sábado (27), em Palmital (SP). Segundo a Polícia Rodoviária, Yara estava na garupa de uma moto com o namorado quando os dois caíram na altura do quilômetro 427 da rodovia Raposo Tavares.

O motociclista teve ferimentos leves, mas a jovem sofreu ferimentos graves na cabeça, mesmo com capacete, e foi levada ao Hospital Regional de Assis (SP), cidade onde morava. Após dois dias internada, ela teve morte cerebral constatada no final da tarde de segunda-feira (29). Ainda não há informações sobre velório e enterro. A Polícia Civil deve investigar as causas do acidente.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Susto: Nota da Moviecom esclarece sobre homem picado por escorpião em sua sala de cinema

Um homem de 32 anos foi picado por um escorpião dentro da sala de cinema do shopping Jaraguá, em Araraquara (SP), na noite de segunda-feira (29), enquanto esperava o início do filme “O Rei Leão”. A vítima foi socorrida e levada à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Vila Xavier e passa bem.

“Foi um absurdo. Eles demoraram para prestar socorro e ficaram incomodados em atrasar o filme. Não estavam se importando com a situação, não tinham noção que se o escorpião tivesse picado uma criança ou um idoso, poderia causar a morte. Ainda bem que foi comigo”, disse o marceneiro Michel Rodrigues Bueno, vítima da picada. Em nota, a Moviecom informou que lamenta profundamente e classificou o caso como “fortuito e pontual”.

Picada do escorpião

Bueno estava na sala de cinema com a família de 22 pessoas, incluindo a esposa que está grávida e os dois filhos, de 4 e 10 anos, quando foi picado pelo animal peçonhento. “Na poltrona da minha esposa tinha uma almofada daquelas que usam para elevação de assento de crianças e eu tirei para evitar briga entre os filhos e sobrinhos. Coloquei ela nos meus pés, no chão. Foi quando eu senti alguma coisa entrando no meu sapato e tirei para chacoalhar, mas ele enroscou na minha meia e me picou”, relata.

A gerência da Moviecom e o bombeiro civil do shopping Jaraguá foram acionados para prestar socorro à vítima. Segundo Bueno, todo o atendimento demorou cerca de duas horas. “Eles estavam totalmente despreparados. A gerência do cinema ficou preocupada em exibir o filme e disse que estávamos atrapalhando. Fomos levados a uma salinha, onde o bombeiro mediu meus batimentos cardíacos e depois de meia hora perguntou se eu queria que chamassem a ambulância, porque eles ainda não tinham chamado”, conta. Os familiares de Bueno que ficaram no cinema enquanto ele era atendido afirmaram que, mesmo após o incidente, o filme foi exibido para o público.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Presa: Jovem de 19 anos que chorou no enterro do ex-namorado confessa que mandou matá-lo

O delegado da Polícia Civil de Buritis (RO) divulgou nesta terça-feira (30) que a jovem Vanessa Amaral da Cruz, de 19 anos, confessou ter mandado matar o ex-namorado Mateus da Silva Modesto, de 22 anos,. A confissão ocorreu após ser Vanessa ser retirada aos prantos do velório. Ela afirmou aos policiais que planejou o crime depois de ter sido ameaçada de morte pelo ex-companheiro.

Vanessa e outros três homens foram presos por envolvimento no homicídio. O crime aconteceu no último dia 25 de julho, quando Vanessa foi até a casa de Mateus, no Setor 6, e o chamou para conversar na frente do imóvel. Momentos depois, dois suspeitos surgiram em uma motocicleta, anunciaram um assalto, se apossaram da bolsa de Vanessa e o celular de Mateus, e em seguida efetuaram dois tiros contra o jovem, que foi atingido no tórax e na cabeça.

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi solicitado para prestar os primeiros socorros, mas o jovem morreu no local. Através das informações repassadas por Vanessa à Polícia Militar (PM) no local, o caso foi registrado inicialmente como latrocínio.

Reviravolta no caso

Ao G1, o delegado Lucas Torres, horas depois do crime, comentou que agentes do Serviço de Investigação e Captura (Sevic) iniciaram as diligências e foram até o velório da vítima, onde encontraram Vanessa chorando ao lado da mãe de Mateus. Por ser a única testemunha, ela foi intimada e levada até a delegacia para ser interrogada. Mas durante o depoimento, a jovem começou a entrar em contradição nas versões apresentadas. “Na delegacia, ela começou a entrar em contradições cada vez mais, até que confessou que havia planejado o crime e tinha persuadido um rapaz para cometer o homicídio simulando um roubo e que tinha combinado de chamar a vítima para a frente da casa”, disse o delegado.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

VÍDEO: Cigano é morto na Chapada, vítima de saidinha bancária. Carro foi incendiado

Um homem foi morto em praça pública de Utinga, na região da Chapada, na manhã desta terça-feira (30). Segundo informações de populares, dois homens não identificados aguardavam a vítima, que seria pertencente a uma família cigana, sair do banco, momento em que se aproximaram e o executaram. A vítima não teve a identidade revelada.

Ainda segundo as informações, os assassinos teriam fugido no carro do indivíduo assassinado. Logo depois o veículo foi encontrado em chamas, em uma estrada vicinal que da acesso ao distrito de Cachoerinha de Wagner, naquele município. Uma grande multidão. Com informações do Se Liga Chapada. Assista:

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »