Um homem de 32 anos foi picado por um escorpião dentro da sala de cinema do shopping Jaraguá, em Araraquara (SP), na noite de segunda-feira (29), enquanto esperava o início do filme “O Rei Leão”. A vítima foi socorrida e levada à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Vila Xavier e passa bem.

“Foi um absurdo. Eles demoraram para prestar socorro e ficaram incomodados em atrasar o filme. Não estavam se importando com a situação, não tinham noção que se o escorpião tivesse picado uma criança ou um idoso, poderia causar a morte. Ainda bem que foi comigo”, disse o marceneiro Michel Rodrigues Bueno, vítima da picada. Em nota, a Moviecom informou que lamenta profundamente e classificou o caso como “fortuito e pontual”.

Picada do escorpião

Bueno estava na sala de cinema com a família de 22 pessoas, incluindo a esposa que está grávida e os dois filhos, de 4 e 10 anos, quando foi picado pelo animal peçonhento. “Na poltrona da minha esposa tinha uma almofada daquelas que usam para elevação de assento de crianças e eu tirei para evitar briga entre os filhos e sobrinhos. Coloquei ela nos meus pés, no chão. Foi quando eu senti alguma coisa entrando no meu sapato e tirei para chacoalhar, mas ele enroscou na minha meia e me picou”, relata.

A gerência da Moviecom e o bombeiro civil do shopping Jaraguá foram acionados para prestar socorro à vítima. Segundo Bueno, todo o atendimento demorou cerca de duas horas. “Eles estavam totalmente despreparados. A gerência do cinema ficou preocupada em exibir o filme e disse que estávamos atrapalhando. Fomos levados a uma salinha, onde o bombeiro mediu meus batimentos cardíacos e depois de meia hora perguntou se eu queria que chamassem a ambulância, porque eles ainda não tinham chamado”, conta. Os familiares de Bueno que ficaram no cinema enquanto ele era atendido afirmaram que, mesmo após o incidente, o filme foi exibido para o público.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Resultado de imagem para moviecom araraquara

Limpeza e dedetização

Questionado sobre a limpeza e dedetização, o Jaraguá informou que a responsabilidade pelas lojas e estabelecimentos é dos inquilinos. Disse ainda que, apesar do surto de animais peçonhentos na cidade de Araraquara, promove ações para evitar que o caso se repita. Segundo a subgerente da Moviecom, Ana Carolina Melo, a empresa realiza mensalmente dedetizações nas instalações e a última foi feita no dia 15 deste mês. Após o ocorrido, uma nova dedetização foi feita no cinema.

Atendimento

Em nota, a Moviecom informou que ofereceu “o cuidado e amparo necessário” para o cliente até a chegada da ambulância e ressaltou o compromisso “com o conforto e cuidados com seus clientes”. De acordo com a subgerente, a empresa tentou contato com a vítima ainda nesta terça para continuar a oferecer o apoio necessário, mas não conseguiu. A prefeitura informou que, durante atendimento na UPA, o homem não precisou tomar soro contra o veneno do escorpião. // G1 . EPTV.