Uma mulher de 36 anos morreu em um hospital de Cuiabá depois de passar por uma cirurgia plástica no Hospital Sotrauma e sofrer complicações. A morte, segundo a Polícia Civil, foi registrada no sábado (27), cerca de 20 dias após o procedimento estético. A vítima foi identificada como Shimene Aparecida Oliveira Souza. Em nota, o hospital confirmou a morte da paciente e informou que o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para investigação.

O procedimento estético feito pela paciente não foi divulgado. A paciente deu entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do mesmo hospital em que fez a cirurgia na sexta-feira (26). Segundo os médicos, ela tinha insuficiência respiratória aguda e foi internada para tratamento de pneumonia e derrame pleural (água no pulmão). Shimene morreu um dia depois de dar entrada na unidade.

À polícia, o marido da vítima contou que ela reclamou de dor nas costas logo que chegou em casa após ter alta. Em consulta médica, o profissional diz ter identificado uma pneumonia, receitou antibióticos e a liberou. Mesmo com o tratamento, Shimene continuou sentido dores e procurou uma UPA. Na unidade, ela foi diagnosticada com água nos pulmões. Sob orientação do profissional, a paciente foi levada novamente para o hospital responsável pela cirurgia. Segundo o boletim de ocorrência, “somente após insistirem muito no hospital onde ela havia sido operada é que ela foi internada”. // Centro América.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

A imagem pode conter: 1 pessoa