parte da pele arrancados num acidente de kart apresentou novos microtrombos, que são pequenas obstruções nas veias, na área da cirurgia de reimplante. Isso aumentou a possibilidade de perda do que foi reimplantado. Outros procedimentos são analisados pelos médicos, segundo o boletim do Hospital da Restauração (HR) nesta sexta-feira (16). Débora Stefanny Dantas de Oliveira, de 19 anos, estava com o namorado na pista de kart em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, no domingo (11), quando o cabelo se soltou da touca e prendeu no motor.

A pele desde a altura dos olhos até a nuca da vítima foi arrancada. Segundo o tio dela, Douglas Nascimento, era a primeira vez que Débora corria de kart. A jovem foi socorrida pelo namorado, o microempresário Eduardo Tumajan, para o HR. Eduardo disse que pegou “o rosto dela na mão”, colocou em uma sacola e correu para levá-la ao hospital. O reimplante foi feito no atendimento de emergência. Os médicos conseguiram recuperar e reimplantar 80% da área atingida. Após o reimplante, Débora passou por outra cirurgia para a retirada de trombos que surgiram na área do procedimento e, desde então, está internada na UTI.

A notícia sobre os microtrombos e a possibilidade um novo procedimento cirúrgico foi informada aos dois na quinta-feira (15). Segundo Eduardo, Débora está otimista e, como sonha ser médica, diz que o acidente fortaleceu ainda mais o desejo. No boletim desta sexta, a equipe médica explicou que pode realizar enxertos no couro cabeludo da jovem com peles de outras regiões do corpo da paciente, como tinha sido dito a Eduardo. Qualquer intervenção deve ser feita de maneira planejada, apontaram os médicos. O namorado de Débora informou que pretende levá-la para tratamento nos Estados Unidos. O hospital informou que soube da intenção da família de transferi-la e apontou que, caso isso ocorra, a paciente contará com o apoio da equipe médica do HR.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Pista de kart onde ocorreu o acidente foi periciada pelo Instituto de Criminalística na terça-feira (13) â?? Foto: Isabela Veríssimo/G1

Acidente é investigado

O acidente aconteceu na pista de corrida de kart localizada no estacionamento do Walmart, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. A pista, que foi interditada pelo Procon na segunda (12), passou por perícia do Instituto de Criminalística na terça (13). O caso de Débora está sendo investigado pelo delegado Alfredo Jorge, da Delegacia de Boa Viagem. Segundo ele, um Boletim de Ocorrência foi registrado na segunda-feira (12), e, no mesmo dia, foram solicitadas perícias no local e na vítima e imagens de câmeras de segurança.Na terça-feira (13), foram ouvidos o namorado e a sogra da vítima e um rapaz que ofereceu o carro dele para prestar socorro, segundo o delegado. Na quarta (14), funcionários da empresa compareceram à delegacia.

Durante a perícia feita pelo Instituto de Criminalística, foram analisadas as condições da pista e constatadas manchas de sangue no local, segundo o perito Rogério Dantas. A equipe do IC encontrou fios de cabelo e sangue no carrinho. O advogado da empresa Adrenalina Kart Racing, Carlos Arthur Ferrão Júnior, acompanhou a perícia a distância e apresentou o documento com regras da atividade que é assinado pelos participantes antes de entrarem na pista. Segundo ele, todos os procedimentos de segurança foram tomados.

Imagem relacionada