Com o assassinato de Josafá Mendes dos Santos, de 52 anos, vítima de uma facada durante a semana, depois de uma briga por ciúme, Vitória da Conquista chega a 24 crimes violentos letais intencionais (CVLI) neste segundo semestre. É mais do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando ocorreram 14 assassinatos (até 5 de setembro de 2018) e menos que os dois últimos meses do semestre anterior, quando ocorreram 26 assassinatos.

No cômputo dos oito meses, de janeiro a agosto, Vitória da Conquista teve 86 homicídios, uma redução de 31,45% considerando o mesmo período do ano passado.

CIÚME

No caso de ontem, a vítima teria encontrado a mulher dele com outro homem, identificado como Francisco Rubens Pereira, de 47 anos, e os dois tiveram uma briga, ele com um facão e o rival com uma faca. Os dois acabaram sendo feridos e Josafá levou a pior. Francisco Rubens foi socorrido pelo Samu 192 e levado para o Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC).

De acordo com informações colhidas pela Delegacia de Homicídios da 10ª Coorpin, a mulher de Josafá saiu de casa para se encontrar com o autor do crime, com quem mantivera um caso três anos atrás.

Josafá não aceitava a situação, seguiu a mulher, flagrou ela conversando com o outro e lançou mão de um facão, desferindo dois golpes na cabeça do rival que, em ato contínuo, revidou com uma faca tipo peixeira e acertou Josafá na barriga, matando-o na hora. Fonte: Blog de Giorlando Lima

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook