A jovem Keylla Jesus dos Santos, de 22 anos, morreu na tarde do domingo (29), possivelmente vitima de um AVC. No inicio da noite, surgiu um áudio em grupos de WhatsApp, onde uma mulher acusa um hospital, sem citar nomes, de ter dado remédio errado para a jovem, dizendo, inclusive, que haviam dado remédio para Coronavírus. Rapidamente o áudio se espalhou em centenas de grupos e ganhou repercussão, gerando questionamentos nas pessoas.

A reportagem procurou a família da jovem e falou com uma irmã dela, que negou as informações do áudio e disse que a gravação foi feita por alguém de forma irresponsável. Ela disse que sua irmã faleceu em casa, provavelmente vítima de um AVC, e foi levada ao hospital, mas lá foi apenas constatado o óbito. Por ser um domingo e a noite, a reportagem não conseguiu manter contato com a diretoria do hospital, para confirmar tal informação. Mas o espaço fica aberto para qualquer esclarecimento. Nas redes sociais, professores e amigos de Keylla, lamentaram com muita tristeza a morte precoce da jovem. O sepultamento estava previsto para as 9 horas desta segunda-feira (30). O corpo foi velado na residência da família, de onde saiu para o cemitério de Miguel Calmon. // Calmon Notícias.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook