Um grupo de cientistas chineses da Universidade Tsinghua, de Pequim, anunciou nesta quarta-feira (1) que está mais próximo da descoberta de um medicamento capaz de prevenir o covid-19 e também de curar pacientes que já estão com a doença. Segundo os cientistas, o medicamento que está sendo desenvolvido a partir de anticorpos identificados em diversos experimentos, e que foram considerados extremamente eficazes nos tratamentos a pacientes na China.

Um dos membros do grupo que desenvolve o projeto é Zhang Linqi, que em entrevista à agência chinesa Xinhua, que sua equipe isolou 206 anticorpos monoclonais, que “mostraram grande capacidade de se ligar às proteínas do coronavírus”. O cientista também explicou que alguns mostraram resultados melhores que outros, por isso, o trabalho agora está sendo o de identificar quais são os anticorpos mais poderosos, para combiná-los e atenuar o risco de que o vírus sofra mutação. Zhang afirma que, se tudo correr bem, esses anticorpos serão produzidos em massa para testes já nas próximas semanas, primeiro em animais e depois em humanos. O grupo de especialistas fez uma parceria com a empresa de biotecnologia chinesa-estadunidense Brii Biosciences. Segundo o cientista chinês, a previsão é de que o medicamento poderia estar pronto dentro de seis meses.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook