Uma mulher de 34 anos foi morta a facadas pelo marido, em Bandeira do Sul, cidade que fica a cerca de 30 km de Poços de Caldas, no Sul de Minas. Roberta de Araújo foi atingida com 13 golpes após discutir com o suspeito. O crime aconteceu nesse domingo (18), no início da noite. De acordo com a Polícia Militar, o casal havia passado a tarde em um sítio, onde se desentendeu por causa de uma geladeira aberta.

De volta para casa, a discussão continuou no quintal da residência. O suspeito, Adílio Sérgio Gomes, de 40 anos, pegou uma faca de 15 cm e atingiu a mulher na barriga, nas mãos, pernas e também nas costas. Roberta morreu antes da chegada do socorro. A filha do casal, uma jovem de 18 anos, ouviu os gritos e correu para o quintal. Foi ela quem encontrou o corpo da vítima. A mãe do suspeito também estava no local quando tudo aconteceu. Ela passou mal e precisou de atendimento médico. Após o crime, Adílio fugiu e ainda não foi encontrado.

Ainda segundo a polícia, o casal teve três filhos e era conhecido na cidade. Roberta trabalhava em uma escola. Adílio, que tem o apelido de ‘Negrera’, é comerciante e também candidato a vereador no município pelo PSDB. Nas redes sociais, os dois se mostravam apaixonados e postavam fotos da família e de passeios que faziam juntos. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Alfenas, também no sul do Estado. O sepultamento está previsto para o fim da tarde desta segunda-feira (19), em Bandeira do Sul. A Polícia Civil investiga o caso e o suspeito deve responder por feminicídio.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook