Foi confirmada a morte encefálica do jovem, Anderson Nogueira Santana (Dé) de 24 anos, morador da sede do município de Malhada, sudoeste da Bahia que sofreu um grave acidente na entrada da cidade de Carinhanha, oeste da Bahia na noite de quarta-feira dia (25) de novembro.

Assim que sofreu o acidente o jovem foi levado para o hospital municipal de Carinhanha, em seguida transferido para o Hospital Regional de Guanambi, na madrugada do dia 28 o hospital conseguiu regulação de Anderson para Vitória da Conquista e lá permaneceu em coma por 13 dias até que na manhã de hoje (09/12) foi confirmada a morte cerebral.

Segundo uma tia de Dé falou ao site Alerta Bahia, está confirmada a morte encefálica e os aparelhos seriam desligados. Conforme um médico brasileiro, Dr, Artur Frazão, O paciente em morte cerebral pode ser mantido “vivo” enquanto os aparelhos estiverem ligados. No momento em que os aparelhos são desligados, o paciente é verdadeiramente dito como morto, e neste caso, desligar os aparelhos não é considerado eutanásia, pois o paciente não tem chances de sobreviver.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook