Duas irmãs morreram em um intervalo de 24 horas, em Governador Valadares (MG), com Covid-19. Uma estava internada no Hospital Regional e outra no Hospital São Lucas. As duas estavam sendo acompanhadas pela tia, Valéria Alves. Danubia Pereira Venâncio, de 36 anos, estava internada no Hospital Regional e morreu nessa quinta-feira (10). Vanessa Pereira Venâncio, de 40 anos, morreu nesta sexta-feira (11).

Segundo a tia, as duas não tinham comorbidades. Valéria conta que Danubia foi internada na Policlínica, unidade exclusiva para tratamento da doença, na quarta-feira (2), a princípio no quarto. Já na sexta-feira (4), foi a vez de Vanessa ser levada ao hospital e direto para a UTI. “No domingo (6), depois de algumas complicações da Danubia, a pressão que subiu muito, ela foi entubada. Na segunda-feira (7), o mesmo aconteceu com a Vanessa que também precisou ser entubada”, contou.

Pouco mais de uma semana, Danubia não resistiu ao vírus. Em um vídeo gravado pela Valéria e postado no YouTube nesta sexta-feira, ela lamentou a morte da sobrinha. “Infelizmente, dessa vez, a nossa família não pôde levantar a plaquinha com aquela frase ‘eu venci a Covid’, porque foi ela quem venceu. Ontem, eu enterrei minha sobrinha Danubia. Um momento muito frio, que a gente não pode ver, a gente não pode dar um último toque e tem que ser de longe”, disse. O vídeo foi gravado e postado antes da morte da outra sobrinha. Nele, ela pediu orações e disse que Vanessa precisaria de um milagre.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

“Quero pedir que vocês não parem de rezar, vamos continuar rezando. A Vanessa depende de um milagre e eu acredito, porque eu acredito que Deus pode tudo, tudo, tudo. Conto muito com as orações de vocês”, pediu. Porém, a notícia foi outra. Vanessa também não resistiu à Covid-19 e morreu 24 horas depois da irmã. Em um novo vídeo encaminhado à Inter TV dos Vales, Valéria fez um apelo à população. “Deixo aqui o meu apelo para você que não acredita ou não está nem aí. Mantenha o distanciamento social, só saia de casa se for necessário, use máscara, lave as mãos com água e sabão. Pode ser que não aconteça nada, que você nem tenha sintomas, mas pode ser que você precise ir para a UTI. Você não sabe como vai ser, nem com você nem com aqueles que você ama”, disse. Valéria ainda lamentou viver a situação na família, já que a mãe, avó das duas vítimas do novo coronavírus, não pôde despedir das netas. “A minha mãe tem 80 anos, está vendo a filha sofrer, porque perdeu duas filhas, que são as netas dela, e ela não pôde estar com ela, não pôde dar um abraço”, finalizou. Danubia era solteira e deixa dois filhos, já Vanessa deixa marido e três filhos. // InterTV.