Uma passageira denunciou uma superlotação em uma viagem de ônibus de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Nas imagens gravadas por ela, é possível ver que além dos assentos ocupados, muitas pessoas estão em pé e algumas também estão sem máscaras. Segundo a passageira, as pessoas subiram no ônibus sem aferição de temperatura.

A mulher disse ainda que o coletivo foi lotando durante viagem e que foi recebendo novos passageiros pelo caminho. Por meio de nota, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) informou que o excesso de passageiros é permitido apenas em casos excepcionais, como prestação de socorro. Além de ser considerado infração, a permissão de superlotação é passível de multa. Ainda segundo a Agerba, na rodoviária de Vitória da Conquista, os veículos não saem com passageiros acima da capacidade e que, caso isso ocorra durante o percurso da viagem, o usuário deve fazer o registro na ouvidoria do órgão.

A Agerba também informou que vai notificar as empresas, para que sejam tomadas todas as medidas necessárias para que não haja mais lotação. Já a empresa Rota, responsável pelo ônibus, disse em nota que está apurando os fatos relatados e irá adotar as providências cabíveis. Disse ainda que, visando a segurança de seus clientes e colaboradores, adotou medidas para prevenir e conter a propagação do Covid-19, de acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério Saúde. // G1 Bahia . TV Sudoeste.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook