Vanessa estava no trabalho quando, do nada, recebeu um PIX de R$ 100. “Eu abri a mensagem né para ver quem que quem que tinha transferido para mim. Era o amigo de um amigo. Já estava rolando um clima”, ela conta. A mensagem dizia: ‘Esse valor é a porcentagem probabilidade da gente se ver hoje’.

E deu certo! O primeiro encontro aconteceu no sábado (6). Mas será que paquerar pelo PIX tem algum risco? Esse método foi uma surpresa para o Banco Central. “Para esse tipo de transação com pessoas que você não conhece, ou não conhece direito, o melhor é criar uma chave aleatória. Com isso, você não expõe o seu email pessoal e o seu CPF ou o número do seu celular”, recomenda Ronaldo Lemos. Assista a reportagem do Fantástico:

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Curta nossa Pagina no Facebook