A Polícia Civil e duas advogadas concederam uma entrevista coletiva a imprensa na manhã desta segunda-feira (08) para detalhar um crime que chocou a população de Vitória da Conquista: o assassinato da empresária Gilvanete de Souza Nogueira, ocorrido no mês passado.

Em entrevista concedida a imprensa, a delegada que acompanhou o caso, Gabriela Garrido, descartou que a empresária poderia ter tido um relacionamento com o acusado do crime.

O inquérito concluído aponta que o crime brutal foi causado por uma dívida do assassino, que continua preso.

As advogadas Luciana Silva e Isadora Amaral seguem acompanhando o caso para que a Justiça conceda a prisão preventiva do acusado.

Ouça a entrevista

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Curta nossa Pagina no Facebook

Com Informações do Blog do Rodrigo Ferraz