Após denúncias Anônimas, equipes da 10ª Coorpin da Polícia Civil e Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos, compareceram no final da tarde de ontem (10/09/2021) em uma galeria no Centro de Vitória da Conquista e conduziram um casal de Colombianos  que aplicavam golpes através de um Bingo clandestino  que funcionava no local, onde eram realizados sorteios. A promessa de prêmios era feita através do pagamento de R$ 1 mil em espécie feita por sorteio através de um globo. Estes sorteios constituem contravenção penal de jogos de azar e não têm efeitos jurídicos válidos além de não gerar obrigações de pagamento. Tais sorteios não possuem nenhuma garantia para quem participa. A atividade ilícita pode ser configurada também como crime contra a economia popular e lesão ao consumidor. A realização de rifa, loteria e bingo são considerados jogos de azar – cuja exploração é uma exclusividade dos governos federal e estadual. A investigação continua para verificar a existência do crime de lavagem de dinheiro, já que os colombianos alegaram que um indivíduo  que reside em Teixeira de Freitas é o dono do negócio. Os valores obtidos se originam de uma infração penal, que é a realização de sorteios ou de promoções com distribuição de prêmios não autorizadas. O estabelecimento onde funcionava a jogatina foi fechado e todo o material apreendido.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Siga nosso Instagram

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Fonte: DPC Odilson Pereira