novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

:: ‘Bizarro’

Morte suspeita: Polícia investiga se administradora caiu ou foi atirada de cobertura, durante festa

Hilma Balsamão de Morais, 38 anos, caiu de uma altura de 15 metros, após suposta briga com namorado. Família quer respostas.

A Polícia Civil vai ouvir a partir desta quarta-feira (25) pessoas que estavam na festa em que a administradora de imóveis Hilma Balsamão de Morais, de 38 anos, caiu de uma varanda e morreu no bairro Castelo, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte. O caso aconteceu na sexta-feira (20).

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Reviravolta: Funcionária que filmou assassinato de João Alberto é presa

A Polícia Civil prendeu temporariamente, nesta terça-feira (24), Adriana Alves Dutra, funcionária do Carrefour envolvida na morte de João Alberto Silveira Freitas. Agente de fiscalização do estabelecimento, ela é a mulher que aparece de blusa branca nas imagens, junto dos seguranças agressores. Ela foi presa em Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre, onde reside, de acordo com o G1.

Segundo a delegada Vanessa Pitrez, diretora do Departamento de Homicídios, a polícia acredita que a mulher teve participação decisiva nas agressões sofridas por João Beto, porque ela teria poder de comando sobre os dois seguranças.

Em gravações feitas no momento do espancamento, Adriana aparece filmando a cena. Um motoboy que registrou o crime afirma que foi ameaçado por ela.

A PC investiga se a agente de fiscalização mentiu sobre o caso. Adriana disse, no primeiro depoimento, que o policial militar preso pelo crime era cliente da loja – e não um funcionário da empresa de segurança contratada pelo supermercado. Também afirmou que não ouviu João Beto pedir ajuda.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Imagem forte: Homem é morto a pauladas após discussão em bar de Macarani. VÍDEO

Na tarde do último sábado (21), por volta das 17h30, dois homens, entraram em contenda após passarem o dia todo ingerindo bebida alcoólica em um bar no Marjorie Parque e a discussão acabou levando as vias de fato, e a troca de golpes terminou matando Vanderlei Araujo Abreu, 47 anos (foto), que foi atingido por vários golpes de madeira na cabeça. Assista:

CLIQUE AQUI, imagem forte.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Imagens fortes: Cabo eleitoral é executada após denunciar superfaturamento em secretaria de saúde

A cabo eleitoral da família Cozzolino Renata Castro, assassinada nesta sexta-feira (30), esteve no dia anterior na delegacia da Polícia Federal de Niterói para fazer uma denúncia. O RJ2 descobriu que a denúncia feita por Renata envolve Carine Tavares, a ex-secretária municipal de saúde de Magé. A denúncia diz que Carine continuava com influência na secretaria, mesmo após deixar seu cargo e que estava envolvida com superfaturamento em gastos com a Covid-19. CLIQUE AQUI, imagens fortes.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Brutal: Jovem de 22 anos é morta durante discussão. Suspeito teve o comércio incendiado

Uma vendedora de 22 anos atingida na cabeça por uma bala na comunidade do Lagamar, no Bairro Aerolândia, em Fortaleza, morreu na manhã desta sexta-feira (30). O crime aconteceu em uma região próxima à Avenida Borges de Melo. A informação foi confirmada pelo Hospital Instituto Dr. José Frota (IJF), onde ela estava hospitalizada.

Segundo informações de testemunhas, Alexsandra da Silva Souza foi levada para o IJF, inconsciente, em um carro de um morador. O corpo foi encaminhado para a Perícia Forense do Ceará (Pefoce), no Bairro Moura Brasil.

Crime e incêndio em borracharia

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi acionada para o local do crime. Ao chegar, moradores informaram aos policiais que o principal suspeito de ter disparado contra a vendedora de comidas é o dono de uma borracharia, localizada próximo ao local onde o crime aconteceu. Na madrugada desta sexta-feira, moradores incendiaram a borracharia e o veículo do suspeito. Os policiais não encontraram o suspeito nem a arma do crime. Ainda não há informações sobre a motivação do crime.

Entretanto, segundo informações dos moradores, o crime aconteceu durante uma discussão que envolveu o casal e o pai da jovem. Baleada, Alexsandra da Silva Souza foi levada para o IJF, inconsciente, no carro de um morador. Durante a madrugada, veio a informação de sua morte. O corpo da garota foi encaminhado para a sede da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), no Bairro Moura Brasil, para ser examinado pelos legistas da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel). A reportagem aguarda informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) sobre o caso. // Verdes Mares.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Brutal: Candidato a vereador mata esposa com 13 facadas, após briga por “geladeira aberta”

Uma mulher de 34 anos foi morta a facadas pelo marido, em Bandeira do Sul, cidade que fica a cerca de 30 km de Poços de Caldas, no Sul de Minas. Roberta de Araújo foi atingida com 13 golpes após discutir com o suspeito. O crime aconteceu nesse domingo (18), no início da noite. De acordo com a Polícia Militar, o casal havia passado a tarde em um sítio, onde se desentendeu por causa de uma geladeira aberta.

De volta para casa, a discussão continuou no quintal da residência. O suspeito, Adílio Sérgio Gomes, de 40 anos, pegou uma faca de 15 cm e atingiu a mulher na barriga, nas mãos, pernas e também nas costas. Roberta morreu antes da chegada do socorro. A filha do casal, uma jovem de 18 anos, ouviu os gritos e correu para o quintal. Foi ela quem encontrou o corpo da vítima. A mãe do suspeito também estava no local quando tudo aconteceu. Ela passou mal e precisou de atendimento médico. Após o crime, Adílio fugiu e ainda não foi encontrado.

Ainda segundo a polícia, o casal teve três filhos e era conhecido na cidade. Roberta trabalhava em uma escola. Adílio, que tem o apelido de ‘Negrera’, é comerciante e também candidato a vereador no município pelo PSDB. Nas redes sociais, os dois se mostravam apaixonados e postavam fotos da família e de passeios que faziam juntos. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Alfenas, também no sul do Estado. O sepultamento está previsto para o fim da tarde desta segunda-feira (19), em Bandeira do Sul. A Polícia Civil investiga o caso e o suspeito deve responder por feminicídio.

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

VÍDEO: Algemados, presos tentam fugir da porta da delegacia e acabam batendo em árvore

Um flagrante feito pela equipe de reportagem da Inter TV Vales de Minas Gerais mostra a fuga frustrada de dois presos em Governador Valadares (MG). O caso ocorreu neste sábado (29). Pelas imagens é possível ver a viatura da Polícia Civil encostando na porta da delegacia. Os dois homens estão presos com a mesma algema. Assista:

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Horror: Grávida de 36 semanas é morta a tijoladas. “Amiga” e um comparsa foram presos

O corpo de uma jovem grávida foi encontrado em uma cerâmica desativada no interior de Santa Catarina, na manhã desta sexta-feira (28). Segundo a Polícia Civil, ela estava grávida, foi morta a tijoladas e tinha cortes na barriga provocados por estilete. A suspeita é que uma amiga da vítima, de 26 anos, tenha feito uma emboscada para cometer o assassinato e ficar com a recém-nascida. Ferida, a bebê foi levada a um hospital pela suspeita e o marido.

Ambos foram presos. O delegado responsável disse que a mulher confessou o crime e que ele foi premeditado. A identificação do casal preso não foi divulgada por causa da Lei de Abuso de Autoridade. Até as 16h, nenhum advogado havia se apresentado para fazer a defesa dela. A bebê foi internada  em Florianópolis. Segundo uma amiga da vítima informou ao G1 SC, o nascimento da menina estava previsto para 22 de setembro.

Crime hediondo

A vítima estava desaparecida desde a tarde de quinta-feira (27). Segundo o delegado, ela teria sido levada até o local do crime por uma amiga. “Ela [suspeita] disse engravidou no ano passado e perdeu esse bebê em janeiro, mas não comunicou aos familiares, inclusive nem teria falado para o marido, que estaria muito empolgado com a gravidez dela. Ela manteve a alegação da gravidez e neste período começou a cogitar o homicídio da vítima em razão da coincidências de prazos da gestação. Ontem [quinta] ela disse pra vítima que iria fazer um chá de bebê e convidou a vítima para participar”, explicou Silva.

No entanto, a amiga acabou levando a vítima até a cerâmica desativada, afirmando que seria um ponto de encontro com outros convidados. No local, ela atingiu a vítima com tijoladas na cabeça. “Depois, com um estilete fez o corte na barriga para tirar o bebê do ventre da mãe. A ideia dela era matar a mulher e ficar com a criança”, disse o delegado. O estilete foi encontrado no local do crime. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) . Ainda não há previsão do laudo com as causas da morte, de acordo com o órgão. “Ela [suspeita] é extremamente fria, em momento algum ela demonstrou algum tipo de arrependimento ou algum tipo de culpa em relação a toda a situação”, afirmou. Já o marido dela, estava nervoso e chorou durante o depoimento ao delegado.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Imagens fortes: Vereador pernambucano dirigia carro em acidente com três mortes, em Água Preta. Assista:

 

Uma gravíssima colisão entre um veículo e várias motocicletas deixou pelo menos três mortos e vários feridos, num trecho da PE-96, em Água Preta, na Mata Sul do estado, na manhã deste domingo (23), próximo ao engenho Canoa Rachada. O motorista da caminhonete era vereador de Brejo da Madre de Deus, que foi conduzido à delegacia para prestar depoimento.

O caso está sendo investigado pela delegada Juliana Bernati. Conforme as investigações, um grupo de mais de 30 motoqueiros viajava junto pela rodovia quando foi surpreendido por um carro desgovernado, colidindo violentamente com várias motos. O acidente interditou parcialmente a pista nos dois sentidos.

Em entrevista ao Portal Nova Mais, a delegada do caso afirmou que o vereador não bebia e que alegou ter tido m mal súbito enquanto conduzia o veículo. Segundo ela, o motorista dirigia em alta velocidade e fazendo manobras arriscadas na pista:

– “Nós fizemos exame toxicológico e constatamos que o condutor não havia ingerido bebida alcoólica e alegou que tinha tido um ‘apagão’. Se ele alegar alguma doença, terá de comprovar mediante laudo médico”, disse.

Motociclistas de várias regiões

O grupo era composto de motociclistas de várias cidades, como Maceió, Paulista, Recife, Maragogi e Palmares, e fazia trilhas na região. Eles seguiam para o município alagoano de Maragogi. Testemunhas disseram que o motorista desgovernado fez uma ultrapassagem perigosa e pegou o comboio de frente.

Três pessoas morreram na hora, sendo uma de Paulista e duas de Maceió. Os demais integrantes foram socorridos para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional dos Palmares. Dois dele, segundo a Polícia Civil, foram levados ao Hospital da Restauração, em Recife, em estado grave.

Imagens feitas por celular pelo grupo de motociclistas podem ser usadas no decorrer das investigações. Assista:

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Brutal: Após descobrir traição, engenheiro desaparece e é achado carbonizado 4 dias depois

A Polícia Civil prendeu um casal em Ponta Porã, na região de fronteira com o Paraguai, suspeito do assassinato do engenheiro agrônomo Ludwig Max Pockel, de 48 anos, que estava desparecido desde de 25 de julho. O homem de 40 anos e uma mulher, de 33, que são namorados, foram detidos em um assentamento nesta quarta-feira (30).

A mulher disse que também tinha um relacionamento amoroso com Ludwig. Os dois foram levados à delegacia onde prestaram depoimento. Segundo a polícia, houve contradições e o homem confessou ter matado o engenheiro. Ainda de acordo com os investigadores, o namorado contou que foi até a casa de Ludwig e que ele tentou esfaqueá-lo, mas que tomou a faca do engenheiro e desferiu vários golpes contra a vítima.

Em seguida, com a ajuda da namorada, carregaram o corpo em uma caminhonete até uma plantação de milho. Eles ainda teriam ateado fogo no corpo e na motocicleta da vítima, com intenção de ocultar o cadáver. Após a confissão, o homem apontou o local exato onde o corpo estava. A prisão temporária do casal foi decretada e os dois foram indiciados por homicídio doloso. // Morena.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »