junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

:: ‘Brasil’

Auxílio Emergencial: Cadastros podem ser cortados da 2ª parcela, após reanálise. Entenda

Imagem

A ideia é evitar pagamentos indevidos, como para um trabalhador que estava desempregado e está recebendo seguro-desemprego ou conseguiu outro trabalho.

Ter recebido a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 não garante que o trabalhador receberá o segundo ou terceiro lotes. De acordo com o Ministério da Cidadania, a cada pagamento, o sistema fará uma reanálise dos cadastros, utilizando as bases de dados e as novas informações que tenham sido inseridas sobre os requerentes. A ideia é evitar pagamentos indevidos, como para um trabalhador que estava desempregado, mas, após o recebimento da primeira parcela do auxílio, conseguiu uma ocupação formal.

Essa informação será acrescentada em sua carteira de trabalho. Então, antes do pagamento da segunda parcela, o sistema vai analisar novamente se esse cidadão atende aos requisitos e perceberá que ele agora tem um emprego formal. Desssa forma, essa pessoa não receberá a segunda parcela do auxílio . O mesmo acontecerá se uma pessoa passar a receber outro benefício , como uma aposentadoria ou uma pensão por morte, entre as datas da primeira e da segunda parcelas. Veja outros motivos para a negativa de nova parcela:

  • Ser empregado com carteira assinada;

  • Estar recebendo seguro-desemprego;

  • Aposentado ou pensionista do INSS;

  • Receber demais benefícios, com exceção do Bolsa Família: Benefício de Prestação Continuada (BPC); Auxílio Doença; Garantia Safra; Seguro Defeso;

  • Ser de família com renda mensal por pessoa mais de meio salário mínimo (R$ 522,50);

  • Renda familiar mensal total maior que três salários mínimos (R$ 3.135);

  • Limite maior que duas pessoas que recebem Bolsa Família na mesma família;

  • CPF irregular

  • A Caixa Econômica Federal termina de pagar hoje a segunda parcela do auxílio a beneficiários do Bolsa Família (para quem tem Número de Identificação Social com final 0). Esses beneficiários já podem sacar o valor em dinheiro. Também hoje, informais nascidos em dezembro que ainda não haviam sido contemplados pelo auxílio receberão a primeira parcela. Para informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEIs) e pessoas não cadastradas no Bolsa Família, começa amanhã o saque da segunda parcela do auxílio emergencial em dinheiro. O benefício terminou de ser pago no dia 26, mas não estava disponível para transferências bancárias e saques em espécie. // iG Economia.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Auxílio Emergencial: Valor da quarta parcela ainda está em estudo, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (28) que o governo deve propor uma quarta parcela do auxílio emergencial, atualmente em R$ 600, mas que o valor ainda está em estudo pelo governo, que poderá reduzi-lo. “Nós já estudamos uma quarta parcela com o Paulo Guedes. Está definindo o valor, para ter uma transição gradativa e que a gente espera que a economia volte a funcionar”, afirmou o presidente durante sua live semanal, transmitida pelas redes sociais.

O auxílio emergencial prevê o pagamento de três parcelas de R$ 600 para trabalhadores informais, integrantes do Bolsa Família e pessoas de baixa renda. De acordo com a Caixa Econômica Federal, cerca de 59 milhões de pessoas já receberam o benefício. Cada parcela do auxílio emergencial custa aos cofres públicas cerca de R$ 48 bilhões. Mais cedo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a permanência por mais tempo do pagamento do auxílio emergencial, mantendo-se o valor de R$ 600. // Agência Brasil.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Coronavírus não escolhe: Mãe hipertensa sobrevive, mas filha “saudável” não resistiu ao Covid-19

Os dias em uma área de isolamento em um hospital público de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foram os últimos momentos da dona de casa Germaine Herculano dos Santos, de 43 anos, ao lado da filha Kamilly Ribeiro, de 17 anos. Mãe e filha foram internadas em um posto de saúde em Xerém, distrito de Duque de Caxias, em 23 de março, após apresentarem quadro suspeito de Covid-19.

Na unidade de saúde, permaneceram isoladas juntas. Dois dias depois foram encaminhadas para o Hospital Moacyr do Carmo, na mesma cidade. Germaine, que faz parte do grupo de risco por ser hipertensa, se recuperou dias depois e recebeu alta. Kamilly, que não tinha nenhuma doença pré-existente e não se enquadrava entre os pacientes de risco, apresentou complicações graves e não resistiu.

“A minha filha era totalmente saudável, nunca ficava doente. Desde o princípio, sempre achava que ela fosse se recuperar. Nunca pensei que ela seria vítima desse vírus”, diz Germaine à BBC News Brasil. Kamilly fez parte de um grupo pequeno em meio à pandemia do novo coronavírus: o de jovens saudáveis com complicações graves em decorrência da Covid-19. Estudos apontam que os pacientes sem comorbidades e com menos de 50 anos correspondem a menos de 1% das pessoas em estado grave em decorrência do Sars-Cov-2, nome oficial do novo coronavírus. Quanto mais jovem, menos chances de apresentar complicações.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Tristeza: Após perder a mãe, vendedor de 27 anos morre horas após ser internado com Covid-19

O vendedor Luiz Ricardo Delfino, de 27 anos e que morreu com coronavírus, em Sorocaba (SP), relatou à irmã o mal-estar causado pela infecção horas antes de não resistir em um hospital da cidade. Segundo a família, a morte ocorreu no dia 16 de maio e o paciente ficou menos de 24 horas sob os cuidados médicos. Os prints, aos quais o G1 teve acesso, mostram que a irmã Karina Aparecida Delfino conversou com ele na madrugada do dia 15, quando o rapaz já passava por atendimento médico.

“Ele [pai] me ligou querendo conversar. Conversa com o pai, é que ele me ligou querendo conversar, porém não tinha como. Acho que vou ficar internado”, escreveu o paciente. Na sequência, depois de 10 minutos, Luiz contou que estaria com problema para respirar. “Pulmão está bem zuado”, disse. Ao fim da tarde daquele dia, Karina voltou a mandar mensagens ao irmão. Segundo ela, conversou com ele sobre um possível transferência para Porto Feliz, cidade onde mora e que fica ao lado de Sorocaba. “Estou com tosse alérgica e não consigo falar. Assim que conseguir e tomar o remédio eu te ligo”, foram as últimas palavras do vender à irmã.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

VÍDEO: Após 24 anos, Zeca Camargo é dispensado pela Rede Globo e agradece “aprendizado”

https://i.imgur.com/ms3NEol.jpg

Depois de 24 anos, Zeca Camargo não faz mais parte do elenco da Globo. Ele foi dispensado nesta quarta-feira (27) pela emissora, onde apresentava o É de Casa. É mais uma das vítimas dos cortes da líder de audiência, que atravessa um momento de reestruturação operacional, com o projeto Uma Só Globo, e também faz demissões porque tem perdido receita com a pandemia do coronavírus. “Busco novos horizontes”, disse Zeca em nota.

“Levo as melhores lembranças desta parceria de 24 anos. Nessa colaboração, celebro a chance preciosa que tive de trabalhar num lugar tão aberto às boas ideias, onde elas ganharam espaço e repercussão. Lá cresci e me desenvolvi com profissionais incríveis, e sou especialmente grato, na minha trajetória, ao Luiz Nascimento, por todo o período do Fantástico; e ao Boninho, parceiro forte em várias frentes desde o sucesso de No Limite”, declarou o apresentador. Confira vídeo publicado por Camargo em seu perfil do Instagram sobre a saída:

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Operação: Roberto Jefferson, dono da Havan Luciano Hang, deputado e blogueira são alvos da PF

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quarta-feira (27) mandados de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que apura produção de notícias falsas e ameaças à Corte. Entre os alvos estão o ex-deputado federal Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e blogueiro Allan dos Santos. Os quatro são aliados do presidente Jair Bolsonaro.

Os alvos dos mandados, confirmados até a última atualização desta reportagem, são: Luciano Hang, empresário; Roberto Jefferson, ex-deputado federal; Douglas Garcia (PSL-SP), deputado estadual; Sara Winter, blogueira. As buscas com relação a Jefferson e Hang foram realizadas nas casas deles, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina, respectivamente.

As buscas sobre Allan dos Santos ocorreram na casa dele, em uma área nobre de Brasília. Ao todo, a operação tem 29 mandados de busca e apreensão. As ordens foram expedidas pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, relator do inquérito. Além de Rio de Janeiro e Brasília, há mandados para ser cumpridos também nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

Investigações

Ao longo das investigações, laudos técnicos que demonstraram que um grupo produz e dissemina as notícias falsas, sempre com o mesmo padrão. Foram identificados pelo menos quatro financiadores desse grupo. As investigação já identificaram ao menos 12 perfis em redes sociais que atuam na disseminação de informações, de forma padronizada, contra ministros do tribunal. Isso significa, por exemplo, que esses perfis encaminham o mesmo tipo de mensagem, da mesma forma, na mesma periodicidade. Técnicos cruzam informações para tentar localizar financiadores desses perfis.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Dono da Havan, Roberto Jefferson e outros aliados de Bolsonaro são alvos da nova operação da PF sobre Fake News

[Dono da Havan, Roberto Jefferson e outros aliados de Bolsonaro são alvos da nova operação da PF sobre Fake News]

A operação da Polícia Federal sobre o inquérito das Fake News do Supremo Tribunal Federal (STF), deflagrada nesta quarta-feira (27) pela manhã, tem como alvos aliados de primeira hora do presidente Jair Bolsonaro.

São cumpridos 29 mandados de busca e apreensão, dentre eles em endereços do deputado estadual Douglas Garcia (PSL-RJ), do blogueiro Allan dos Santos, e do ex-deputado e presidente do PTB, Roberto Jefferson e também de Luciano Hang, dono da Havan.

De acordo com informações do G1, no caso de Garcia, as buscas foram realizadas no gabinete dele, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, onde computadores foram apreendidos. As buscas sobre Allan dos Santos ocorreram na casa dele, em uma área nobre de Brasília.

Os mandados são cumpridos no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

São ordens judiciais de busca e apreensão no âmbito do procedimento, presidido pelo ministro Alexandre de Moraes.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Auxílio emergencial para cultura tem vitória na Câmara Federal

Já batizada como “lei Aldir Blanc”,  está a um passo de virar realidade a proposta de ajudar o setor cultural com o montante de R$ 3 bilhões durante a pandemia.  Ela foi aprovada ontem,  26, na Câmara dos Deputados e seguiu para o Senado.  “Os artistas e as casas de espetáculos foram os primeiros atingidos  economicamente com o distanciamento social e precisam de apoio”, defende o deputado federal Waldenor Pereira (PT),  um dos autores  da proposta contida em vários projetos reunidos no substitutivo aprovado.

O dinheiro será repassado aos estados, municípios e ao Distrito Federal, que vão aplicar os recursos na renda emergencial para os trabalhadores do setor, em subsídios mensais para manutenção dos espaços e em outros instrumentos como editais, chamadas públicas e prêmios.

O texto aprovado  prevê auxílio emergencial de R$ 600,00 pagos em três parcelas, para trabalhadores da área cultural com atividades suspensas por conta da pandemia. Esse benefício contempla artistas, produtores, técnicos, curadores, oficineiros e professores de escolas de arte. O auxílio poderá ser prorrogado no mesmo prazo do auxílio emergencial do governo federal aos informais.

Waldenor Pereira queria mais, já que o seu projeto original , 1089/2020,  propunha o auxílio de R$ 1.045,00  e R$ 10mil para casas de espetáculos. Mas considera o substitutivo da relatoria absorvendo a sua e outras propostas uma grande vitória para o setor.  “Embora a arte tenha nos valido nesse momento em que estamos confinados em casa, nos proporcionando algum momento de prazer, reflexão e conhecimento, os artistas estão sofrendo, sobretudo os artistas de rua, porque não se enquadram no auxílio emergencial dos informais” , completa.

Waldenor Pereira é coordenador do núcleo de Educação e Cultura do PT no Congresso Nacional e destaca a participação do fórum nacional de secretários de cultura do país,  com especial  empenho da representação da Bahia: “A nossa secretária, Arany Santana,  conseguiu sensibilizar toda a bancada baiana com a sua articulação na defesa dos trabalhadores e trabalhadoras da cultura” , credita.

Em sua página no Twitter,  o deputado também comemorou o batizado da provável lei em favor do setor . “Com grande mérito se chamará “Lei Aldir Blanc”, homenagem ao poeta da anistia.  A Cultura vive e resiste!”, exaltou. Agora é esperar o mesmo resultado na votação dos senadores.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

‘Dia D’ para reabertura do comércio: diretrizes serão definidas nesta quarta-feira

Uma reunião que será realizada logo mais às 9h vai definir as diretrizes para a reabertura do comércio de Vitória da Conquista. De acordo com as informações, alguns segmentos retornarão às atividade no dia 1º de junho.

Contudo, como já havia adiantada o vereador Luís Carlos Dudé e o secretário de Administração Kairan Rocha, a retomada será gradual e adotando todas as medidas de prevenção determinadas pelas organizações de saúde.

Assim, alguns estabelecimentos poderão reabrir nos dia 1°, outros no dia 8 de junho e por fim alguns estabelecimentos serão autorizados a retomar as atividades no dia 15 de junho. Bares e restaurantes devem estar inclusos nesta terceira etapa.

Em nota divulgada ontem, o Conselho Municipal de Saúde se manifestou contrário à reabertura e defendeu o isolamento social. Um dos motivos utilizados para justificar esse posicionamento foi o número crescente de casos registrados no município, que ontem teve um novo aumento, chegando a 117.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

PF nas ruas: operação cumpre mandados de inquérito do STF sobre Fake News

A Polícia Federal volta as ruas na manhã desta quarta-feira (27), desta vez a instituição cumpre os mandados de busca no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre fake news. Ao total são 29 mandados no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina. São ordens judiciais de busca e apreensão no âmbito do procedimento, presidido pelo ministro Alexandre de Moraes.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook