abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

:: ‘Brasil’

Bizarro: Garota de 22 anos afirma ter engravidado após levar “lambida” de fazendeiro milionário de 78 anos

Uma garota de 22 anos de Manaus, capital do Amazonas, casou-se com um fazendeiro milionário de 78 anos e afirma que ela é a prova que o amor verdadeiro ainda existe nos tempos de hoje.

A moça segundo ela era “virgem” e teria engravidado após levar uma “lambida” do idoso.
“Há Amor verdadeiro, e me casei por amor e não pelo dinheiro” disse ela. mas por amor.

Não troco ele por nenhum novinho” disse a moça após se casar com um fazendeiro dono de mais de 50 mil cabeças de gado e diversas fazendas de na capital amazonense.

Aos 77, Erasmo Carlos se casa com pedagoga 49 anos mais jovem

aos-77-erasmo-carlos-se-casa-com-pedagoga-49-anos-mais-jovem-1122474

Erasmo Carlos se casou no último domingo com a pedagoga Fernanda Passos, de 28 anos. O Tremendão, que tem 77, contou a novidade em seu perfil no Instagram. Eles estão juntos há nove anos.”Após 7 anos de beijinhos e carinhos sem ter fim e mais 2 de maravilhosa convivência, me casei ontem no civil com minha adorada Fernanda (agora também Esteves)…Foi uma formalidade simples, porém meu coração estava em festa agradecendo a Deus por esse amor tão lindo ter caído em minha vida.. Uhu”, festejou o cantor na rede social.Em entrevista ao programa do Bial em junho, a pedagoga contou que era uma antiga fã do cantor e que foi ela quem deu o primeiro passo no relacionamento: “Fui eu que o conquistei. Tenho na minha cabeça que gosto dele desde que tenho 5 anos de idade. Quando eu o conheci, olhei pra ele e disse que precisava falar algo: ‘Eu te amo’. E ele respondeu: ‘Ah, comecei a te amar agora’”. [Extra]

:: LEIA MAIS »

Tristeza: Esposa do técnico do ABC é encontrada morta em casa, com sinais de suicídio

A paulista Ana Letícia Rezende Fernandes Queiros, de 39 anos, foi encontrada morta, na noite deste sábado (5), em Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal. Ela era esposa do técnico do ABC, Ranielle Ribeiro, e mãe de um menino de 6 anos. O ITEP-RN (Instituto Técnico-Científico de Perícia) apontou que ela morreu por enforcamento. Agora o caso será acompanhado pela Polícia Civil, que já fez um pedido de perícia para investigação. O resultado deve sair em 30 dias.

Existem poucas informações sobre o caso por enquanto. O portal “OP9” apurou que Ana foi encontrada morta em casa, pelo irmão, que depois deu a informação a Ranielle. O velório e o sepultamento de Ana Leticia aconteceram neste domingo (6), no Cemitério Morada da Paz, em Emaús. O ABC declarou luto de 3 dias por causa da morte de Ana Leticia. Outros clubes também já se manifestaram para lamentar o ocorrido, inclusive o rival América-RN.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Primeira-dama Michele Bolsonaro emplaca amiga em secretaria

Na primeira semana de governo, a primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, emplacou nomes na Esplanada como Priscila Gaspar na Secretaria Nacional da Pessoa com Deficiência, subordinada ao Ministério dos Direitos Humanos.

Segundo informações do jornal O Globo, Priscila é surda e ativista da causa. Ela foi escolhida pela primeira-dama como tradutora da língua de libras na campanha do capitão reformado. Além dela, outros surdos do mesmo ciclo foram indicados por Michelle e ocuparão postos no Ministério da Educação.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Mais da metade de sessões da AL-BA em 2018 terminaram por falta de quórum, aponta coluna

Levantamento divulgado hoje (6) pela coluna Satélite, do Jornal Correio, aponta que quase 60% das sessões ordinárias realizadas pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) em 2018 foram encerradas por falta de quórum, ou seja, um número mínimo de deputados no plenário.

Dos 98 encontros realizados ao longo do período, 57 acabaram por não terem a quantidade mínima para a continuidade de uma sessão, que é de 21 parlamentares, o que representa um terço do total de 63 deputados estaduais.

Além disso, diz a coluna, 12 sessões terminaram por não haver orador. Nesse caso, a reunião era discursiva, mas terminava por não haver mais parlamentares inscritos para falar. O levantamento conclui também que, por isso, apenas 29 encontros terminaram com quórum mínimo.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Com proposta do Japão, Edigar Junio encaminha saída do Bahia

O atacante Edigar Junio, um dos atletas mais antigos do atual elenco do Bahia, está próximo de deixar o clube. O jogador de 27 anos tem contrato com o tricolor até 2020, mas recebeu uma proposta do Yokohama Marinos, do Japão, e não se reapresentou junto ao elenco nesta semana. Na noite de ontem (5), ao lado de goleiro Douglas Friedrich, do zagueiro Tiago e do atacante Gilberto, Edigar participou de um jantar com as respectivas esposas, marcando uma “despedida” do jogador.

Em entrevista nesta semana, o diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri, admitiu que a proposta agradou o jogador. “É um atleta que está indo para 28 anos e com ambições pessoais. Fez um apelo, a nós do clube, de que é um momento muito importante da carreira e da vida pessoal dele, que ele queria ter essa oportunidade, pensando na família dele”, disse o dirigente.

O martelo sobre a saída ou não de Edigar Junio deve ser batido nesta semana. Desde 2016 na equipe, o atacante conquistou os títulos da Copa do Nordeste de 2017 e do Baiano de 2018, além de ser peça fundamental no elenco que subiu para a primeira divisão em 2016. Ao todo, foram 142 jogos e 44 gols marcados.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Polícia já prendeu mais de 80 suspeitos de ataques violentos no Ceará

86 pessoas foram presas, até o momento, suspeitas de terem praticado os ataques criminosos que atingem, desde a última quinta-feira (3), Fortaleza e várias outras cidades do Ceará, segundo informou ontem (5) o governador do estado, Camilo Santana.

Por meio de mensagem no Facebook, o chefe do executivo cearense afirmou que as forças de segurança estaduais estão em regime de prontidão para combater as ações criminosas. Além disso, Camilo disse que, desde o início dos ataques, mantém contato direto com os ministros da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e da Defesa, General Fernando Azevedo.

Ainda ontem, o governador da Bahia, Rui Costa, autorizou o envio de 100 policiais militares do estado para ajudar no combate à onda de violência no Ceará.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Governo fixa data para Semana de Prevenção da Gravidez na Adolescência através de lei

O Estatuto da Criança e do Adolescente foi modificado na edição desta sexta-feira (4) do Diário Oficial da União, a partir da sanção de uma nova lei que fixa uma data para a Semana de Prevenção da Gravidez na Adolescência, assinada pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PSL).

O texto da Lei nº 13.798 indica que durante um período determinado, atividades de cunho preventivo e educativo deverão ser desenvolvidas conjuntamente pelo poder público e por organizações da sociedade civil. De acordo com a Agência Brasil a oficialização da data, que será celebrada anualmente, foi proposta em 2010 pela então senadora Marisa Serrano (PSDB-MS).

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Governo Bolsonaro prepara pente-fino em todos os benefícios pagos pelo INSS

governo Jair Bolsonaro planeja enviar ao Congresso Nacional uma MP (medida provisória) que revê regras previdenciárias para deflagrar um pente-fino em todos os benefícios pagos pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Para viabilizar a operação, a MP estabelecerá o pagamento de um bônus de R$ 57,50 a técnicos e analistas do seguro social que identificarem irregularidades em aposentadorias e pensões.

A medida provisória será apresentada pelo governo Bolsonaro como um conjunto de ações para aperfeiçoamento e modernização da legislação.

A expectativa é que as novas regras possam gerar uma economia de R$ 9,3 bilhões em um ano, já descontados os pagamentos dos bônus.

O valor corresponde a 4,2% do déficit previsto no RGPS (Regime Geral de Previdência Social) para este ano. É um valor ínfimo perto de um rombo total que deve bater em R$ 220 bilhões.

Quem acompanha o trabalho, porém, defende que a MP terá o efeito de funcionar como uma espécie de ação moralizadora, para melhorar a organização do INSS, corrigir distorções legais e coibir fraudes enquanto se finaliza uma proposta mais ampla de reforma da Previdência.

Pela medida provisória, entram na mira dos fiscais a pensão por morte, a aposentadoria rural e o auxílio-reclusão.

No caso de concessão de pensão por morte para quem não era formalmente casado, uma das mudanças propostas na medida provisória é exigir, além da demonstração de dependência econômica, a chamada prova documental contemporânea —um documento que comprove a união na ocasião da morte.

O governo entende que a regra atual, que permite a comprovação de união estável apenas com apresentação de testemunhas, abre brechas para simulações e fraudes.

Na aposentadoria rural, a MP substitui a declaração do sindicato rural pela autodeclaração do segurado.

Entidades credenciadas pelo Pronater (Programa Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária) ficarão responsáveis pela homologação dessa autodeclaração do beneficiário.

Para o governo Bolsonaro, o reconhecimento de direitos por meio do sistema sindical é um resquício inadequado da mistura entre o Estado e essas entidades.

O auxílio-reclusão, benefício pago aos dependentes do trabalhador preso, passa a ter um período de carência (tempo mínimo de contribuição consecutiva ao INSS) de 12 meses.

O benefício não poderá ser acumulado a outros e haverá aferição de baixa renda com base em uma média dos salários. Hoje, o limite de renda é definido a partir do último salário do trabalhador preso.

O governo estima que essa regra consiga reduzir a concessão do benefício para pessoas fora do perfil de renda, mas que estão desempregadas na véspera da prisão.

Esse modelo de conferência dos benefícios que a equipe de Bolsonaro quer adotar com a MP é parecido com o usado pela gestão Michel Temer (MDB) no pente-fino realizado nos auxílios-doença e nas aposentadorias por invalidez pagos há mais de dois anos.

Desde 2016, os peritos médicos previdenciários estão recebendo R$ 60 por exame extra realizado nos postos do INSS.

Até 15 de dezembro de 2018, quase 1,2 milhão de perícias tinham sido realizadas no pente-fino dos benefícios por incapacidade.

Cerca de 651 mil segurados, praticamente a metade dos que foram avaliados nos exames periciais, tiveram o pagamento cortado. A economia com esses pagamentos foi de R$ 13,8 bilhões.

Segundo pessoas que participaram da elaboração da MP, o bônus dos peritos será prorrogado por mais um ano, o pente-fino dos benefícios por incapacidade será estendido e a atuação dos médicos será ampliada.

Eles trabalharão também em ações judiciais e em casos de revisão de BPC (Benefício de Prestação Continuada).

As perícias do pente-fino, que até então convocaram benefícios sem avaliação há mais de dois anos, chegarão a segurados que recebem auxílio ou aposentadoria por invalidez há mais de seis meses.

O governo estima gastar R$ 56,9 milhões com o pagamento do bônus aos técnicos e analistas previdenciários.

Em 2018, o INSS tentou viabilizar o pagamento de uma bonificação para acelerar a análise de pedidos de benefícios e revisões e reduzir os gastos com a correção monetária da fila de espera, mas o dinheiro não foi liberado.

Sempre que o INSS leva mais de 45 dias para responder a um pedido, o benefício, quando concedido, é pago com correção pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

O governo calcula uma despesa superior a R$ 600 milhões ao ano com essa correção, além de aumento nas disputas judiciais.

Levantamento realizado pelo TCU (Tribunal de Contas da União) estima que mais de R$ 92 bilhões são pagos todos os anos após decisão judicial.

A expectativa da gestão Bolsonaro é que o incentivo à conclusão de processos com suspeita de irregularidades resulte em uma economia mensal de R$ 188 milhões, que poderia ser ampliada pela perspectiva de cobrar a devolução do que foi pago irregularmente.

Para essa apuração, a medida provisória define que serão considerados suspeitos os benefícios com indícios de acumulação indevida (quando um segurado mantém dois benefícios que não poderiam ser pagos ao mesmo tempo), suspeita de morte do beneficiário e BPC fora dos parâmetros previstos em lei.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Bizarro: Homem taca fogo em motel após ser proibido de entrar no local com sua jumenta e é preso

Um jovem identificado apenas como “Chiquinho” foi preso na cidade de Brejinho, interior da paraíba após atear fogo em um motel. O jovem foi barrado por funcionários quando tentava entrar com uma jumenta no local.

Chiquinho ficou revoltado partiu pra cima dos funcionários do motel e acabou levando uma surra, logo após voltou para casa, pegou um galão de gasolina, foi até o motel, pulou o muro e tacou foco no local, o rapaz fugiu do local em alta velocidade montado na sua jumenta.

Pessoas viram o incêndio e chamaram a polícia, chiquinho foi preso em flagrante próximo do motel por uma viatura que passava pelo local.

Chegando na delegacia foi constatado que na verdade se tratava de um JUMENTO macho. O homem detalhou como tudo aconteceu. “Eu só queria entrar la como todo cidadão faz, era meu direito”, disse ele.O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu controlar o incêndio. Chiquinho foi levado e responderá por tentativa de homicídio já que colocou a vida dos funcionários e clientes em risco.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook