outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘Brasil’

Horror: Após matar a esposa e a filha, homem se atira de prédio e também morre

Um duplo homicídio seguido por suicídio foi registrado na noite desta terça-feira em Ibirama, no Alto Vale do Itajaí. De acordo com informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros Voluntários da cidade (CBVI), um homem de 39 anos teria matado a esposa de 32 e a filha de 11 anos e na sequência se jogado do quinto andar de um prédio no bairro Bela Vista. A ocorrência foi registrada por volta das 22h30min.

Inicialmente os bombeiros foram acionados para atender uma queda de altura em um dos apartamentos. Ao chegar no local, os socorristas tentaram reanimar o homem, porém sem sucesso. Durante o trabalho, segundo relato dos bombeiros voluntários, uma vizinha avisou que havia duas pessoas esfaqueadas no corredor de um dos prédios. Ambas já estavam mortas quando a guarnição chegou. Testemunhas informaram às autoridades que minutos antes do fato foi possível ouvir uma briga no apartamento. Por volta da 0h de quarta-feira, o Instituto Geral de Perícias (IGP) recolheu os corpos. A investigação do caso ficará a cargo da Polícia Civil.

Vítimas tentaram fugir do apartamento

Mulher e filha encontradas mortas na noite desta terça-feira em Ibirama estavam tentando fugir do apartamento onde moravam, na Rua Getúlio Vargas, no bairro Bela Vista, de acordo com informações da Polícia Militar. A cabo Soiane da Polícia Militar de Ibirama, que atendeu o chamado pelo 190, relatou a reportagem do Santa que um vizinho ligou informando que um casal estava discutindo em um apartamento. Em seguida encaminhou uma viatura até o local. Logo depois outra chamada informando que havia uma mulher ensanguentada.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Vingança: Jovem tenta matar o primo para se vingar de abusos sofridos na infância

Um rapaz de 25 anos tentou matar o próprio primo, na noite desta terça-feira (13), em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O autor foi preso em flagrante e, na delegacia, alegou que havia sido sexualmente abusado pela vítima quando era menor e ‘não conseguia viver com isso’. O tiro acertou o ombro do rapaz, que está internado em um hospital da cidade fora de risco.

Segundo informações da Polícia Civil divulgadas nesta quarta-feira (14), o crime aconteceu por volta das 20h, dentro de uma loja de roupas localizada em um posto de combustíveis no bairro Tude Bastos. A vítima, de 28 anos, é um dos donos da loja e o primo trabalha fazendo a panfletagem do estabelecimento. Já próximo ao horário de fechamento do comércio, o autor do crime, dentro da loja, sacou uma arma e atirou contra a vítima, que tentou abaixar atrás do balcão para se proteger mas, mesmo assim, o disparo acertou seu ombro.

O rapaz escondeu a arma dentro de uma mochila e tentou fugir, mas foi rendido por um agente penitenciário que estava no posto de combustíveis ao lado. De acordo com o delegado da Delegacia Sede de Praia Grande, responsável pela ocorrência, Alexandre Comin, o agente chegou a pensar que se tratava de um assalto ao estabelecimento. O agente rendeu o suposto assaltante e chamou a polícia. O rapaz foi levado para a delegacia e, em depoimento, disse que a vítima é seu primo. “Ele alegou que o primo abusou sexualmente dele quanto ele tinha mais ou menos 12 anos de idade. O autor tinha 15 na época e ele não consegue conviver com isso. Ele foi preso em flagrante por tentativa de homicídio”, explicou o delegado. A vítima foi socorrida para o Hospital Irmã Dulce, onde permanece internado, e não corre risco de morte. Segundo Comin, ele deverá ser ouvido pela polícia assim que receber alta do hospital. A arma utilizada no crime foi apreendida.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

VÍDEO: No dia do aniversário, jovem morre após bater a cabeça no chão durante briga

Francisca Amorim de Queiroz morreu na noite deste domingo, 11/8, data em que completou 18 anos, no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da zona Sul, após se agredida fisicamente, horas antes, no Colônia Oliveira Machado. O crime, segundo a Polícia Civil (PC) foi praticado por uma mulher, identificada apenas como ‘Milani’. A briga foi gravada por moradores do local. A PC informou que a briga, que resultou na morte, ocorreu na Rua Lira Araújo. Assista:

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Tristeza: Jovem que desapareceu na saída de festa é encontrada morta com sinais de violência

Uma jovem de 18 anos, que desapareceu no sábado (10) durante um ‘fluxo’- como são conhecidas as festas de funk que reúnem jovens nas ruas – foi encontrada morta com sinais de violência na manhã desta segunda-feira (12) na Estrada do Sertãozinho, na zona norte de São José dos Campos (SP).O corpo de Jamile Fernandes foi encontrado pela Polícia Militar próximo ao ponto final da Estrada do Sertãozinho, perto do bairro Buquirinha.

Segundo a polícia, havia marcas de violência na cabeça, na perna esquerda, nas mãos e perfurações, supostamente causadas por tiros. A Polícia Civil vai investigar o caso e não há suspeito de autoria do crime até o momento. De acordo com o boletim de ocorrência registrado por familiares pelo desaparecimento, Jamile Fernandes saiu com uma amiga por volta de 22h e não retornou para casa. Elas foram para uma festa do ‘fluxo’ na comunidade Santa Cruz, no Centro da cidade. Parentes tentaram contato pelo celular da jovem, mas o aparelho estava desligado.

O reconhecimento do corpo no IML foi feito por meio de fotos. “Reconhecemos pelas tatuagens porque o rosto dela estava irreconhecível. Estamos inconformados”, disse Marina Lima, tia da vítima.

Desaparecimento

Familiares chegaram a fazer postagens em redes sociais pedindo ajuda para localizar a jovem. Segundo a tia de Jamile, uma mensagem anônima informou que ela estaria acompanhada de uma amiga e de alguns rapazes. Um deles teria agredido a jovem e levado ela em um carro preto. O caso, registrado como homicídio, será investigado pela Polícia Civil.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Em flagrante: Cantor Paulynho Paixão é preso após denúncia de agressão contra a esposa

A Polícia Militar prendeu na madrugada deste domingo (11) o cantor Francisco de Paula Moura, o ‘Paulynho Paixão’, em um hotel na cidade de Bacabal, a 247 km de São Luís. Segundo a PM, ele foi enquadrado na Lei Maria da Penha após uma denúncia de agressão por parte de sua esposa. De acordo com o registro policial, uma mulher apareceu na Delegacia de Bacabal pedindo ajuda porque teria sido agredida fisicamente pelo seu marido.

Ela alegou que Paulo arremessou uma cadeira na altura de sua cabeça e também teria a espancado com chutes e socos. “Estávamos fazendo a apresentação de um assaltante e esse hotel fica próximo a delegacia. Uma senhora adentrou na delegacia pedindo socorro. Ela estava lesionada na cabeça e se queixou que foi muito agredida pelo marido. Fomos até o hotel e encontramos o apartamento todo revirado. Encontramos o Paulo, foi dado a voz de prisão, e ele foi levado para a delegacia”, declarou o tenente Marcone Matos, do 15º Batalhão de Polícia Militar.

“Ela narrou que há dias vinha sofrendo essas agressões. Hoje, por causa de uma discussão banal, após um show, ele teria agredido ela. Ela estava com tanto sangramento na cabeça que tivemos que mandá-la para o hospital e fazer um curativo”, completa o policial. Ao G1, a assessoria do cantor informou que, por enquanto, Paulynho Paixão não irá se pronunciar sobre o assunto. A assessoria afirmou ainda que o cantor pagou fiança e já saiu da delegacia para responder ao processo em liberdade. Paulynho Paixão é piauiense e conhecido no país – principalmente na região norte-nordeste – por sua músicas com letras românticas ligadas especialmente ao ritmo brega.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

VÍDEO: Jovem reage a assalto e é morto a tiros diante da noiva. Câmera registrou o crime

Um homem de 24 anos foi morto a tiros na frente da companheira após reagir a um assalto no bairro de Cruz de Rebouças, em Igarassu, no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu na noite do sábado (10) e a vítima foi identificada como Augusto Bezerra Silva. Testemunhas contaram que o jovem buscava a noiva, que chegava do trabalho, em uma parada de ônibus quando aconteceu o assalto. O vídeo, enviado ao WhatsApp da TV Globo, foi gravado por uma mulher que estava na janela de casa no momento do crime. Imagens mostram o crime:

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Brutal: Jogador de futsal do Corinthians e da seleção brasileira é morto após briga em balada

Pivô do Corinthians e com diversas passagens pela seleção brasileira de futsal, o jogador Douglas Nunes, de 27 anos, morreu na madrugada deste domingo (11), em Erechim, na Região Norte do Rio Grande do Sul. Douglas foi baleado na saída de uma casa noturna, que fica na Avenida Sete de Setembro, no Centro da cidade, horas depois de jogar a semifinal da Taça Brasil contra o Atlético.

Segundo o delegado responsável pelo caso, ele e outros jogadores estavam no bar, quando Douglas se envolveu em uma discussão na bilheteria. Ao sair do local, o homem com quem o jogador havia discutido pegou o carro, estacionou em frente ao estabelecimento e atirou contra ele, que foi atingido na cabeça. Douglas chegou a ser socorrido por bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos. Um homem suspeito de ser o autor dos tiros está sendo procurado pela Brigada Militar e vai ter sua prisão preventiva solicitada pela polícia. Imagens de câmeras de segurança da região devem ajudar na confirmação da identidade do atirador.

“Não sei dizer direito o que aconteceu, porque eu estava dormindo na hora e agora estou na delegacia tentando saber o que aconteceu. Sei que ele estava com um grupo de jogadores e eles tinham saído para aproveitar a folga”, disse o técnico do Corinthians, André Bié, ao portal GloboEsporte.com.

O Sport Club Corinthians Paulista lamenta o falecimento do jogador Douglas Nunes, do futsal alvinegro, durante esta madrugada. Força aos familiares e amigos nesse momento tão difícil. ? pic.twitter.com/srD5E3b6Bx

— Corinthians (@Corinthians) August 11, 2019

Irmão do também pivô Betão, campeão mundial com a seleção brasileira em 2008, Douglas Nunes foi formado nas divisões de base do próprio Corinthians. No futsal adulto, ele atuou também por Orlândia e Kairat Almaty, do Cazaquistão, antes de retornar ao Parque São Jorge em 2017. Em publicação nas redes sociais, o Corinthians lamentou a morte do jogador e desejou força aos familiares e amigos. Por conta da morte do jogador, a CBFS deve cancelar a final da competição entre Atlântico e Carlos Barbosa. O jogo estava previsto para acontecer às 13h45 deste domingo.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Absurdo: Estelionatárias presas usaram criança autista para darem golpe de R$ 50 mil

Equipes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Itanhaém, no litoral de São Paulo, prenderam duas mulheres que vendiam ‘terrenos fantasmas’ na cidade. Segundo a polícia, elas chegaram a usar uma criança autista na intenção de sensibilizar as vítimas para facilitar o crime e ficaram conhecidas na região como ‘musas do estelionato’. Em um dos casos, ambas chegaram a extorquir mais de R$ 50 mil em uma única venda.

Maria Celene Luiz dos Santos, e Letícia Donner Brandão, foram localizadas, segundo informações divulgadas pela polícia neste domingo (11), quando investigadores da DIG cumpriram mandado de prisão expedido contra as duas, que já tinham passagens pela polícia e ainda respondem outros processos por estelionato. Um dos crimes originou a denúncia acatada pelo Ministério Público do Estado (MP-SP). As duas agiram juntas: enquanto Letícia apresentava-se como corretora de imóveis, anunciando lotes de terrenos nas redes sociais, Maria Celene fingia ser a dona do imóvel, justificando vendê-lo por um menor preço para arcar com as custas do tratamento de saúde do marido.

De acordo com a polícia, nenhuma levantou suspeita. Elas forjaram um contrato particular de compra e venda para dar veracidade às ações. Letícia assinou como testemunha e reconheceu firma em cartório, ao lado de um comparsa, e Maria Celene assinou como vendedora. Só neste, R$ 20 mil foram recebidos como sinal. Além de alegar o tratamento do marido como justificativa da venda do terreno por um preço menor, Maria Celene chegou, de acordo com a decisão da Justiça, a encontrar-se com a vítima junto de uma criança autista, na intenção se sensibilizar a vítima e assim conseguir finalizar a negociação.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Dois mortos: Peça de 55 toneladas despenca de viaduto e esmaga cabine de caminhão

Operários a serviço da Prefeitura do Rio retiraram, às 6h40 desta sexta-feira (9), os corpos das vítimas da queda de uma viga de um viaduto em Coelho Neto, Zona Norte do Rio, na noite desta quinta (8). São elas: Adeir dos Anjos Peixoto, de 62 anos, que dirigia um caminhão carregando contêineres; Deivid Sangi da Costa, 29 anos, auxiliar.

Foram praticamente 12 horas de trabalho, entre serragem da estrutura e içamento de partes, até a remoção do primeiro corpo. A Avenida Brasil ficou 14 horas interditada – a via foi liberada às 9h20. O caso está sendo investigado pela 40ª DP (Honório Gurgel). Foi realizada uma perícia no local.

Parte de viaduto cai no início da noite desta quinta-feira (8) em Coelho Neto, Zona Norte do Rio. â?? Foto: Reprodução/Internet

O acidente

O acidente aconteceu na Rua Cajurana, próximo ao número 2.055 da Avenida Brasil, depois da Passarela 28. Testemunhas dizem que o motorista bateu em uma viga recém-instalada, que reduziu a altura da estrutura. A viga de concreto, que pesa 55 toneladas, caiu em um contêiner. Adeir tentou sair de ré, mas toda a estrutura acabou desabando sobre a cabine.

:: LEIA MAIS »

Tristeza: Sanfoneiro morre após ser baleado por dois criminosos durante tentativa de assalto

Um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) deixou de luto os artistas cearenses na manhã desta terça-feira (6), especialmente aqueles ligados ao forró. O sanfoneiro cearense Lucas Souza não resistiu após ser baleado durante um assalto na zona Sul de Fortaleza.

O crime ocorreu na noite desta segunda-feira (5). Lucas fazia dupla com a cantora Elba Soares. De acordo com os primeiros levantamentos feitos pela Polícia, o sanfoneiro e amigos estavam reunidos em um sítio no bairro Jangurussu aproveitando a tradicional folga de segunda-feira após um fim de semana de shows pelas casas noturnas da cidade.

No fim da noite, quando vários artistas estavam se divertindo, próximos a uma churrasqueira, o sítio foi invadido por dois bandidos armados, que anunciaram o assalto. Eram dois criminosos que fizeram todo o grupo de refém. Há relatos de que o sanfoneiro Lucas Souza reagiu e chegou a travar uma luta corporal com um dos criminosos, sendo baleado. Segundo o blog Fernando Ribeiro, Lucas estava tocando sanfona e ao perceber a chegada dos criminosos, teriam largado o instrumento e neste momento em que tentou desarmar o assaltante, recebeu um tiro na barriga e foi socorrido em estado grave, morrendo no começo da manhã de hoje. Lucas Souza fazia dupla com a cantora Elba Soares.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »