julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Brasil’

Covid-19: Avião do Governo da Bahia desembarca 60 mil testes de Coronavírus em Salvador

Chegaram os mais 60 mil novos testes para o dignóstico do novo coronavírus, nesta sexta-feira (10). O material foi enviado da China e será usado no Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen). Os testes foram comprados com recursos do governo do estado, que precisou encaminhar uma aeronave para buscar os testes em São Paulo, devido ao cancelamento de voos e para não atrasar, ainda mais, a entrega.

Sexta-feira Santa muito abençoada, graças a Deus!! Já estão na Bahia os novos testes para #coronavírus que adquirimos. Tivemos que mandar um um avião nosso a SP para assegurar a chegada da carga. Vamos continuar trabalhando na guerra contra a #covid19#UseMáscara #FiqueEmCasapic.twitter.com/XxgPKY94Fd

— Rui Costa (@costa_rui) April 11, 2020

O governador Rui Costa comemorou a chegada dos materiais em publicação no Twitter, na noite desta sexta-feira. Até o fim da tarde desta sexta, a Bahia registrou 616 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 6,58% do total de casos notificados. Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 19 óbitos, sendo 11 do município de Salvador e oito nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1).

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Covid-19: PRF na Bahia recomenda que motoristas fiquem em casa na Semana Santa

Embora já seja esperada uma redução significativa da circulação de veículos nas rodovias federais baianas para o período da Páscoa, haverá atenção e continuidade das ações de enfrentamento ao novo coronavírus, principalmente no que toca à prevenção dos acidentes de trânsito para evitar ocupação de leitos dos hospitais e a sobrecarga do sistema de saúde neste cenário de pandemia. Diante da peculiaridade de emergência de saúde pública no enfrentamento à pandemia causada pela COVID-19, excepcionalmente nesta Semana Santa de 2020, não será lançada operacional nacional.

A Polícia Rodoviária Federal na Bahia, seguindo a estratégia do órgão, manterá o seu foco nas ações efetivas de apoio e prevenção à contaminação e disseminação do vírus, bem como promoverá ações para prevenir os acidentes de trânsito de maneira a evitar a ocupação de leitos dos hospitais, contribuindo para reduzir a sobrecarga do sistema de saúde neste cenário de pandemia. Diversas já foram as ações preventivas adotadas, além de campanhas e operações integradas, no intuito de disseminar informação e orientações à população acerca das condutas de prevenção ao contágio do novo coronavírus. Neste feriado da Semana Santa, a PRF na Bahia recomenda que as pessoas sigam as orientações das autoridades de saúde e permaneçam em casa, inclusive permaneçam nas suas cidades, evitando viajar para outros locais, prevenindo, assim, a disseminação da doença.

Inclusive, muitos pontos e roteiros turísticos estão fechados, a exemplo das praias do Sul e Extremo Sul, Chapada Diamantina e algumas praias da capital baiana, além de bares e restaurantes que também possuem restrição de funcionamento. Caso seja necessário e indispensável pegar a estrada, a PRF na Bahia orienta os condutores para que tenham atenção ao dirigir, importante que seja feita uma verificação das condições do veículo e dos itens segurança (estado dos pneus, cintos de segurança em pleno funcionamento, lanterna e luzes de freio, etc.), além disso, indispensável a atenção aos limites de velocidade e não realizar ultrapassagens em local proibido. Todos somos responsáveis pela segurança no trânsito. A PRF informa ainda que não haverá restrição de tráfego para veículos de carga neste feriado da Semana Santa. Em caso de emergência disque 191. // Nucom-PRF.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Crise: Sem shows, produtora de Naiara Azevedo demite 140. “Impossível pagá-los”, diz marido

A crise econômica causada pelo coronavírus e a ausência de eventos por conta do isolamento social tem afetado diretamente o mercado de entretenimento, conforme já noticiado diversas vezes aqui na Coluna do Leo Dias. Sem condições de manter seus funcionários, a NA Produções, empresa de Naiara Azevedo, precisou demitir seus 140 funcionários registrados.

Rafael Cabral, empresário e marido de Naiara, conversou com a coluna e explicou que fez um ‘acordo’ com todos e que, entre agosto e setembro, pretende recontratar a equipe. “Nós temos 140 colaboradores aqui. Ninguém se preparou para essa paralisação. Fomos um dos primeiros a parar nessa quarentena. Tenho funcionários que trabalham comigo há mais de 6 anos e eu jamais daria as costas para alguém. O que eu fiz foi chamar todos os funcionários e fazer um acerto com eles da melhor maneira possível. Em agosto ou setembro, devemos voltar, e eu vou contratá-los de volta. 100% dos nossos funcionários são CLT. Terão direito a FGTS, seguro-desemprego e mais o acordo que fizemos”, disse Rafael, que completa: “Empresa nenhuma conseguirá pagar tudo isso de funcionário sem trabalhar. Todos estão demitindo.”

Demonstrando preocupação com as demissões, Rafael disse que chamou um a um de seus funcionários para fazer o melhor acordo possível. “Chamei todos os funcionários, um por um. Tive atenção. Estou no escritório agora. Falta falar com 40 ainda. Não tenho condições de mantê-los sem a previsão de novos shows. Precisei tomar essa medida”, ressalta o empresário. Rafael lembra ainda que a NA Produções não há apenas a Naiara Azevedo como artista. Eles representam também Humberto & Ronaldo, Ícaro & Gilmar e Gabriel Gava. “A Naiara está levando a culpa porque é a maior artista, mas estamos falando de uma empresa que cuida também de outros artistas. A empresa toda está sofrendo com essa crise.”, completa o empresário. // Blog do Léo Dias.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Coronavírus: Auxílio de R$ 600 a informais começa a ser depositado hoje pelo Governo Federal

O primeiro pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 a R$ 1.200 para ajudar trabalhadores autônomos, informais e microempreendedores individuais (MEIs) durante a crise do coronavírus começa a ser pago hoje, 9 de abril. No entanto, nesta data, ele só está liberado para os trabalhadores previamente registrados no Cadastro Único (CadÚnico) e que tenham conta no Banco do Brasil (BB) ou poupança na Caixa. Os demais receberão o primeiro depósito na semana que vem.

O dinheiro deverá cair a partir de hoje diretamente nas contas desses cidadãos, que não precisaram fazer solicitação por aplicativo ou site. Segundo o vice-presidente da Caixa Paulo Angelo, a velocidade com que o pagamento será liberado depende do processamento do Dataprev, que fará o cruzamento e triagem de dados enviados para o banco público. Para aqueles que já estavam no CadÚnico até o dia 20 de março, mas não possuem contas no BB ou na Caixa, a liberação do pagamento será na terça-feira, 14 de abril. Mesmo os que não possuem conta bancária terão uma espécie de conta digital social gratuita para receber os recursos do auxílio emergencial.

Lembrando que quem receber o dinheiro hoje e mesmo na semana que vem não poderá sacá-lo. Não adianta ir nas agências, lotéricas ou caixa automático. O saldo estará disponível somente de modo virtual. A Caixa se comprometeu divulgar um calendário especialmente para saques, mas ainda não há previsão de quando isso será realizado. Em entrevista à GloboNews, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães informou que o dinheiro poderá ser usado para pagar contas e fazer transferências (TED ou DOC) gratuitas pelo aplicativo Caixa Tem, lançado há cerca de seis meses.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Covid-19: “Braço direito” de Dória admite que usou Cloroquina para se curar do Coronavírus

Braço direito do governador João Dória, o chefe do Centro de Contingência contra a covid-19 em São Paulo, David Uip, confirmou nesta 4ª feira (8.abr.2020) a autenticidade da receita médica para cloroquina que circula nas redes sociais com a sua assinatura. Recusou-se, no entanto, a informar se fez uso do medicamento em seu tratamento para a covid-19.

A receita circulou nas redes sociais durante a 3ª feira (7.abr), impulsionada especialmente por apoiadores de Jair Bolsonaro, por supostamente evidenciar que Uip fez uso da cloroquina para vencer o coronavírus. O médico tem sido cobrado pelo presidente e por aliados e responder se seu tratamento incluiu o remédio.

Em entrevista à imprensa, Uip dirigiu-se diretamente a Bolsonaro: “Presidente, eu respeitei o seu direito de não revelar seu diagnóstico, respeite o direito de não revelar meu tratamento”. Também disse que vai levar à Justiça o incidente do vazamento da receita: “A minha privacidade foi invadida. A privacidade da minha clínica foi invadida. Tomarei as providências legais adequadas para a invasão da minha privacidade e dos meus pacientes”. O presidente divulgou na 3ª feira 1 vídeo de uma entrevista que David Uip concedeu a José Luiz Datena no programa “Brasil Urgente”, da Band TV, em que o apresentador questiona se o médico usou ou não a droga.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Tragédia: Festa de aniversário infectou família inteira e três irmãos morreram do Coronavírus

Uma festa de aniversário na noite de 13 de março, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, marcou para sempre uma família. Depois do evento, ao menos 14 convidados tiveram sintomas da covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Entre os casos, três irmãos, com mais de 60 anos, tiveram complicações graves e morreram pouco mais de duas semanas depois.

Um dia antes da festa, a responsável pelo evento, a servidora pública Vera Lúcia Pereira, havia completado 59 anos. O avanço do novo coronavírus quase fez a família desistir da comemoração. “Ficamos em dúvida, mas decidimos fazer, porque não eram tantos casos no país”, conta a aniversariante à BBC News Brasil. Na data da comemoração, havia 98 casos do novo coronavírus confirmados no Brasil, segundo o Ministério da Saúde. Destes, 56 eram em São Paulo. Não havia nenhum caso confirmado em Itapecerica da Serra — atualmente há ao menos 11 e uma morte. No último dia 13, o isolamento social ainda era incipiente e as orientações referentes ao vírus eram quase totalmente voltadas à higienização das mãos. Dias depois, os Estados passariam a adotar medidas mais rigorosas.

A festa de Vera, realizada no quintal de sua casa, teve 28 convidados. O prato principal era o churrasco. Entre as pessoas que foram ao evento estavam os irmãos do marido dela, o servidor público Paulo Vieira, de 61 anos. “Também convidamos minhas irmãs e nossos sobrinhos. Foram apenas os parentes mais próximos, para evitar que viessem muitas pessoas”, diz Vera. Nos dias seguintes ao evento, os familiares começaram a apresentar sintomas como tosse, febre, dificuldades para respirar ou diarreia — características associadas à covid-19. No grupo da família no WhatsApp, compartilharam suas dificuldades. A estimativa da família é de que metade dos convidados teve algum problema de saúde dias após a comemoração. Pouco mais de duas semanas após o aniversário, a alegria deu lugar ao luto. Na semana passada, três irmãos da mesma família morreram com suspeita do novo coronavírus. Os exames ainda não ficaram prontos e não têm previsão para que sejam concluídos, em razão da grande demanda em todo o país. “Os médicos que os acompanharam disseram ter 99% de certeza de que era covid-19, pelo quadro clínico deles e pela forma como se deu toda a situação”, pontua Vera. Ela, assim como o único filho, também apresentou sintomas para o vírus, mas se recuperou. “Fisicamente, estou bem, apenas com um pouco de tosse. Mas têm sido uma fase muito difícil. A gente tem vivido dias de terror. Tudo isso é uma tragédia”, declara a servidora pública.

Os irmãos Vieira

Unidos e adoráveis. Assim os parentes definem os irmãos Vieira. Eram sete. As reuniões em família eram momentos de extrema felicidade. “Nós vivíamos juntos. Tudo era motivo para que nos reuníssemos”, relata a aposentada Maria do Carmo Vieira, de 58 anos. Ela conta que o aniversário de Vera foi um momento em que ela e os seis irmãos aproveitaram para se reunir. “Estávamos há alguns dias sem nos ver, porque nem sempre era fácil reunir todos em um lugar”, comenta. O aniversário no quintal da casa de Vera e Paulo foi o último evento que reuniu os sete irmãos Vieira. Dois dias depois, Maria Salete, uma das três mulheres da família Vieira, começou a passar mal. A aposentada, de 60 anos, relatou aos irmãos que estava com diarreia intensa. “Depois, ela começou a ter febre, como se estivesse com alguma infecção. Eu e meu marido a levamos ao hospital, ela recebeu medicamentos e voltou para casa”, explica Maria do Carmo.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Urgente: Site e app de inscrição para receber auxílio emergencial de R$ 600 é liberado; confira aqui

O site e o aplicativo disponibilizados pela Caixa Econômica Federal (CEF) para inscrição no Cadastro Único (NIS) já podem ser acessados na manhã desta terça-feira (7). Para receber a renda básica emergencial, que pode ser de R$ 600 ou R$ 1,2 mil, as pessoas de baixa-renda que não estão inscritas em nenhuma base de dados do governo precisam fazer o cadastro no sistema (acesse aqui).

Os requisitos para receber o auxílio são: ter mais de 18 anos; não ter emprego formal; não receber benefícios previdenciários, assistenciais, seguro-desemprego ou ser contemplado por um programa de transferência de renda federal; ter renda mensal de até R$ 522,50 por pessoa ou de até R$ 3.135,00 de renda familiar total; não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28 mil em 2018; e atuar como microempreendedor individual (MEI), ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social ou atuar como trabalhador informal

Como adiantado pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, o pagamento também deve começar nesta terça para informais já inscritos no CadÚnico. Na ocasião, ele disse que quem tem conta na Caixa ou no Banco do Brasil vai receber o auxílio entre hoje e amanhã.

A expectativa do governo é de que essa primeira rodada de pagamentos contemple entre 10 milhões e 18 milhões de trabalhadores. Mas o calendário geral com o cronograma de pagamentos ainda não foi divulgado.

CORONAVÍRUS

A medida visa minimizar o prejuízo de informais que perderam renda em meio à crise provocada pelo novo coronavírus, uma vez que diversas atividades foram suspensas e o Ministério da Saúde recomenda que as pessoas não saiam de casa para conter a disseminação do vírus.

Inicialmente, o governo federal estipulou a quantia em R$ 200, mas o Congresso aprovou o aumento para R$ 600, podendo chegar a R$ 1,2 mil se tratando de mães que são chefes de família. O benefício será pago pelo período de três meses para pessoas que atendem aos requisitos expostos acima.

Covid-19: Saúde de bebê da grávida morta por coronavírus em PE é “grave mas estável”

Uma mulher grávida morreu, no domingo (5), em decorrência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). O caso foi confirmado pelo hospital Unimed Recife, local onde ocorreu o óbito. A fisioterapeuta Viviane Albuquerque tinha 33 anos e estava com 32 semanas de gestação. Uma cesariana de emergência foi feita para retirar o bebê, que segue internado na unidade de saúde.

O caso foi confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta segunda-feira, junto com outras oito mortes. Há, ao todo, 30 casos, entre eles o de um adolescente de 15 anos e duas técnicas em enfermagem do Hospital Getúlio Vargas, na Zona Oeste do Recife. Também foram confirmados 22 novos casos, resultando em 223, no total. Por meio de nota, o hospital onde a mulher estava internada disse que o bebê “está recebendo da equipe médica todos os cuidados necessários”. A Unimed informou que “não está autorizada a repassar informações tanto da paciente quanto do bebê, ficando a cargo da família”. O hospital disse, ainda, que todas as infirmações estão sendo repassadas às autoridades responsáveis.

Uma amiga de Viviane há 15 anos, que preferiu não se identificar, disse que a grávida foi internada no dia 28 de março, com sintomas de Covid-19. “Na quarta-feira (1º) saiu o resultado positivo. Ela foi levada diretamente para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), não porque estava grave, mas por estar grávida. Na sexta-feira (3) ela foi entubada e, na manhã do sábado (2), tiveram que retirar o bebê. Ele está em estado grave, mas estável”, afirmou. Esta foi a segunda gravidez de Viviane. Na primeira, ela teve gêmeas, que moravam com ela, a mãe dela e a sobrinha. Todas estão isoladas desde o diagnóstico positivo para Covid-19 de Viviane. As crianças estão na casa do pai.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Luto: Técnica de laboratório que participou de campanha #FiqueEmCasa, morre de Covid-19

A técnica de laboratório Adelita Ribeiro da Silva, que morreu por coronavírus em Goiânia participou de uma campanha pedindo para que a população ficasse em casa durante a pandemia de Covid-19. O governador Ronaldo Caiado publicou neste domingo (5) em sua rede social uma homenagem à servidora da saúde, ressaltando o engajamento na ação de conscientização. Ela é a terceira paciente que morre devido à Covid-19.

Adelita aparece em uma foto ao lado de colegas de trabalho segurando folhas de papel com a frase: “Estamos aqui por você, fique em casa por nós”. Adelita foi internada na UTI de um hospital particular no dia 30 de março e morreu na manhã de sábado (4). Ela trabalhava no Cais Novo Mundo e no Hemolabor. A técnica de laboratório foi enterrada em Goianápolis no mesmo dia. A família não pôde fazer velório e teve que acompanhar o sepultamento a 20 metros de distância. O caixão estava lacrado e não possuía vidro. Caiado escreveu em sua rede social que Adelita tinha 38 anos, não apresentava nenhuma doença anterior e reforçou que o vírus mata independentemente da idade. Ele reforçou o pedido de que toda população fique em casa para diminuir o contágio.

“Uma heroína que perdeu a vida para salvar vidas. A luta de Adelita Ribeiro, técnica de enfermagem e laboratório, morta aos 38 anos, vítima do coronavírus, jamais será esquecida pelo Estado”, escreveu o governador. A secretária de Saúde de Goiânia, Fátima Mrué, também divulgou uma carta lamentando a morte da servidora pela Covid-19. “Demonstrando amor à profissão e ao próximo, ela serviu à sociedade ao exercer seu trabalho com dignidade e coragem. … A ela, nos curvamos em profundo agradecimento e rogamos ao Pai que a acolha em seus braços de misericórdia e amor”, disse. Uma colega de trabalho usou a rede social para definir Adelita: “maravilhosa, incrível, alegre e batalhadora”. Ela conta que chegou a encontrar a técnica de laboratório na UTI do hospital onde ela estava internada, que a paciente estava fraca, mas ainda mantinha o bom humor. O Hemolabor, um dos locais onde Adelita trabalhava, também publicou mensagem lamentando a morte da funcionária. “Toda instituição está consternada e apoiando a família neste momento difícil”, afirma a nota. // G1.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

:: LEIA MAIS »

Bolsonaro decide demitir Mandetta em meio à pandemia de coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir ainda nesta segunda-feira o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em meio à crise do novo coronavírus. O ato oficial de exoneração de Mandetta está sendo preparado nesta tarde no Palácio do Planalto. A expectativa é que a decisão seja publicada em edição extra do Diário Oficial da União após reunião do presidente com todos os ministros, entre eles Mandetta, convocada para as 17h. A informação sobre a exoneração de Mandetta foi confirmada ao GLOBO por dois auxiliares do presidente da República.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook