janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Economia’

Pela sexta vez consecutiva, dólar opera em alta: R$ 4,0732

Às 11h45, a moeda norte-americana estava cotada a R$ 4,0732. Foi a sexta alta consecutiva. Ontem (21), o dólar fechou o dia acima de R$ 4, em R$ 4,049, pela primeira vez em dois anos e meio, desde fevereiro de 2016. A alta do dólar em comparação ao real coincidiu com a divulgação de novas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República e a indefinição do cenário político.

Conquista: Preço da Gasolina cai e chega aos R$ 4,499 em postos

A fila retornou a ser registrada em alguns Postos de Combustível em Vitória da Conquista. Dessa vez essa movimentação aconteceu devido à baixa dos preços nos produtos.A Gasolina, por exemplo, estava sendo comercializada por R$ 4,999 na noite da terça-feira (26). Em outros estabelecimentos o mesmo item bate a casa dos R$ 4,799.

:: LEIA MAIS »

INSS: análise de recursos será feita de forma automática a partir de julho

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa, no próximo mês, a fazer as avaliações de recursos de pedidos de aposentadoria de forma automática, o que deve diminuir consideravelmente o tempo de resposta ao segurado. As análises de recursos são feitas quando o órgão nega o pedido de benefício, e o trabalhador entra com pedido de nova apreciação. O novo sistema vai valer para solicitações de aposentadorias por idade e tempo de contribuição.

De acordo com o INSS, se o sistema apontar que a reclamação do segurado é procedente, o benefício será concedido de forma automática, assim como já funciona com as aposentadorias, desde o ano passado. Caso exista alguma inconsistência, só aí o processo seguirá para análise de uma Junta de Recursos.

Atualmente, todos os processos de recursos precisam passar pela análise de servidores, para somente depois serem enviados para julgamento. Esse processo faz com que os pedidos de recursos tenham tempo médio de resposta muito alto, o que o INSS quer sanar com o novo serviço. No caso do Rio, o tempo médio de espera para resposta pode superar os 100 dias, e a meta do órgão é diminuir o tempo de análise para no máximo 30 dias, nos próximos meses.

Para pedir uma reavaliação do caso, o cidadão pode fazer a solitação pelo telefone 135, no site do INSS ou em um dos postos de atendimento.

Petrobras anuncia redução de 1,1% no preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras anunciou hoje (21/6) redução de 1,11% no preço da gasolina em suas refinarias. A partir de amanhã (22/6), o litro do combustível será vendido pela estatal por R$ 1,8634, 2 centavos a menos do que o R$ 1,8841 cobrado hoje.

Participe do nosso grupo no WhatsApp. Clique aqui!

Desde o dia 9 de junho, quando foi anunciado o último aumento no preço, a Petrobras tem mantido ou feito reduções no valor do combustível. No mês, a gasolina acumula queda de 5,27%, ou seja, de 10 centavos.

PREVISÃO DA INFLAÇÃO

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que mede a prévia da inflação oficial, registrou taxa de 1,11% em junho, ou seja, uma forte alta em relação às prévias de maio (0,14%) e de junho (0,16%). Essa foi a maior taxa do IPCA-15 para um mês de junho desde 1996, quando foi registrado o mesmo índice.

O IPCA-15 acumulado no trimestre ficou em 1,46%, acima da taxa de 0,61% registrada no mesmo período de 2017. Com isso, o acumulado no ano está em 2,35%, acima do 1,62% registrado em 2017. Em 12 meses, o IPCA-15 acumula taxa de inflação de 3,68%, acima dos 2,7% registrados nos 12 meses anteriores.

A alta da taxa foi puxada principalmente pelos alimentos e pelos transportes. O grupo alimentação teve alta de preços de 1,57% no mês, impulsionado por alimentos como batata-inglesa (45,12%), cebola (19,95%) e tomate (14,15%).

Já os transportes tiveram inflação de 1,95%, puxada pela alta de preços da gasolina (0,81%), que teve o maior impacto individual na prévia do IPCA, do etanol (2,36%) e do óleo diesel (3,06%).

Bancos funcionarão em horário especial durante os dias de jogos do Brasil na Copa


A Copa do Mundo de futebol começa na quinta-feira (14) no estádio de Luzhniki, em Moscou, e vai até o dia 15 de julho, período em que o Brasil deve parar por alguns dias para acompanhar a seleção canarinho tentar seu hexacampeonato. Por conta disso, nos dias de jogos os bancos funcionarão em horário diferenciado.

Pelo fuso horário, muitos jogos serão transmitidos pela manhã, mas alguns também começarão às 15 horas. Segundo informações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os cenários serão os seguintes, sempre tendo como referência o horário de Brasília:

— Em dias de jogos marcados para as 9 horas, o atendimento ao público nas agências bancárias do interior, capital e regiões metropolitanas será das 13 às 17 horas;

— Já nos dias de jogos às 11 horas, o atendimento ao público nas agências do interior, da capital e regiões metropolitanas será feito das 8h30 às 10h30 e das 14 às 16 horas;

— Quando os jogos estiverem marcados para o horário das 15 horas, o atendimento ao público será realizado das 9 às 13 horas.

Conquista: Saiba onde pagar a sua conta de luz

Uma das repercussões mais negativas dos últimos meses foi a suspensão do pagamento da conta de luz nas agências lotéricas da Bahia.

Em Vitória da Conquista, a história não é diferente.

Nossa Equipe de Reportagem mostrou ontem (terça-feira), em primeira mão, a longa fila que se formou nas Casas Bahia para o pagamento da conta.

Nas redes sociais, populares, a título de utilidade pública, divulgaram os locais onde a população pode pagar a conta.

Desde o início do mês de junho as agências lotéricas da Bahia não estão recebendo pagamento de conta de luz.  Segundo a Coelba, desde novembro de 2017 há tentativas de negociação com a Caixa Econômica Federal (CEF), mas não houve êxito.

Ainda de acordo com a Coelba, a Caixa aumentou 54% no valor da tarifa por fatura arrecadada, e, segundo a Coelba, inviabilizou a manutenção do convênio de arrecadação. Em decorrência desse reajuste, outras empresas de serviços públicos também não renovaram o contrato de arrecadação com as lotéricas. A Coelba também emitiu uma nota oficial dando dicas para a comunidade.Fonte: Blog do Rodrigo Ferraz.Veja: :: LEIA MAIS »

Posto que não baixar preço do diesel pode ser multado e interditado

O governo firmará um acordo com a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis) para garantir o repasse do desconto de R$ 0,46 no litro do óleo diesel ao consumidor.

Participe do nosso grupo no WhatsApp. Clique aqui! 

Em um Termo de Cooperação Técnica, governo – por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) –, federação e distribuidoras se comprometem a fazer o desconto chegar na bomba de combustível.

O acordo será assinado amanhã (1º), às 11h, no Ministério de Minas e Energia e foi anunciado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, em entrevista coletiva na noite de hoje (31) no Palácio do Planalto.

Padilha destacouas punições possíveis àqueles que não repassarem o desconto: multas de até R$ 9,4 milhões, suspensão temporária das atividades, interdição dos estabelecimentos e até mesmo cassação da licença.

A fiscalização será realizada pelos Procons estaduais. Caso um consumidor, ao abastecer com diesel, verificar a não aplicação do desconto, poderá fazer a denúncia ao Procon.

Padilha informou ainda que um número de telefone será usado como canal de comunicação para essas denúncias.

Sem caminhões parados em rodovias federais

De acordo com o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Renato Dias, não existe mais nenhum ponto de aglomeração dos caminhoneiros nas rodovias federais. Dias fez um apelo para que os caminhoneiros fiquem atentos a lideranças que incitam novas paralisações.

“A pauta foi exaurida. O governo está garantindo os R$ 0,46 na bomba. Não deixem que falsos líderes com interesses diversos dos interesses do caminhoneiros usem vocês para agitar e fazer baderna nas rodovias federais”.

Dias destacou que podem haver eventuais interdições parciais em rodovias, mas não significam que se trata do mesmo movimento. De acordo com ele, a PRF lida com interdições diariamente, provocadas por motivos diversos.

Trabalhadores têm até 29 de junho para sacar abono salarial de 2016

Os trabalhadores que ainda não sacaram o abono salarial ano-base 2016 têm até o dia 29 de junho para retirar o dinheiro.

Participe do nosso grupo no WhatsApp. Clique aqui!

Mais de dois milhões de pessoas com direito ao benefício ainda não resgataram o recurso. Elas representam cerca de 10% do total e a quantia disponível chega a R$ 1,75 bilhão. De acordo com Ministério do Trabalho, o prazo não será prorrogado.Os empregados da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS), sacam o dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal. Para os funcionários públicos vinculados ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), a referência é o Banco do Brasil.

O abono salarial de 2016 começou a ser pago em 27 de julho de 2017. Desde então, 22,14 milhões de trabalhadores receberam o dinheiro. Até 30 de abril, os valores sacados somam R$ 16,38 bilhões. Quase metade do valor ainda disponível está na região Sudeste, onde mais de um milhão de trabalhadores não sacaram o recurso. A segunda região com maior número de pessoas com valores a receber é o Nordeste.Os valores destinados ao abono salarial que não forem sacados retornarão para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), para pagamento de seguro-desemprego e do abono salarial do próximo ano.

Gasolina está tão cara que posto parcela combustíveis em 6 vezes no cartão

No Rio, etanol com desconto. Em Brasília, combustível parcelado em até seis vezes sem juros no cartão de crédito. Os postos têm apelado para promoções para não perder a clientela com a gasolina perto dos R$ 5.

Nesta terça-feira (15), a Petrobras anunciou uma nova alta nos preços da gasolina para as distribuidoras. Desde 3 de julho, quando a estatal adotou sua nova política de preços, a gasolina vendida nas refinarias já subiu 50,04% e o diesel, 52,15%. O salto ficou bem acima da inflação do período, que foi de 2,68%.

Em um posto BR na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, a gasolina aumentou R$ 0,20 por litro nesta semana: passou de R$ 4,769 para R$ 4,969. O preço fez muita gente desistir de encher o tanque.

:: LEIA MAIS »

Petrobras aumenta gás pela segunda vez em oito dias

A escalada das cotações do petróleo e do dólar levou a Petrobras a anunciar novo reajuste nos preços do gás de cozinha para uso industrial apenas oito dias após o aumento anterior. Desta vez, a alta será de 3,6%. O reajuste não impacta o preço do botijão de 13 quilos, mais consumido por residências, que é ajustado com periodicidade trimestral. Vale apenas para a venda do gás em botijões maiores ou a granel.

O reajuste anunciado nesta terça (15) é o terceiro aumento consecutivo no preço do gás de cozinha para uso industrial e residencial em apenas 20 dias. No dia 8 de maio, foram 7,1%, e em 27 de março, 4,7%. Assim, a alta acumulada no período é de 16,2%.

Já o gás para envase em botijões de 13 quilos foi ajustado pela última vez no dia 5 de abril, com corte de 4,4%. O próximo ajuste só ocorrerá no início de julho.Desde 2003, a Petrobras pratica preços diferentes para os dois tipos de consumo. O gás envasado em botijões de 13 quilos tem uma fórmula diferente, que garante desconto em relação ao produto destinado a uso industrial e comercial.

Após a escalada de preços em 2017, a estatal decidiu, em janeiro, alterar a periodicidade do gás residencial, aumentando o prazo de ajustes para três meses, com o objetivo de minimizar o repasse de volatilidades internacionais ao consumidor brasileiro. Desde 8 de maio, quando o gás para uso industrial foi reajustado pela última vez, o preço do petróleo Brent subiu 4,5% e o dólar, 2,6%.