janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Saúde’

Urgente Anagé: Vereador Igor Macário sofre grave acidente na zona rural o estado de saúde é gravíssimo

O vereador Igor Leonardo Oliveira Macário, da Câmara Municipal de Anagé, encontra-se no Hospital Geral de Vitória da Conquista com “trauma de crânio moderado a grave”. Igor Macário, de 38 anos, foi atingido por um coice de cavalo na tarde deste domingo (25), na Zona Rural de Conquista. “Já foi admitido na Sala de Choque e fará tomografia e será avaliado pelo neurocirurgião para definição de conduta”, informou ao o médico Geovani Moreno Santos Junior, diretor do Hospital Geral de Vitória da Conquista.

Setor de medicamentos faturou quase R$ 70 bilhões em 2017

Dados do Anuário Estatístico do Mercado Farmacêutico mostraram que, em 2017, o setor de medicamentos faturou R$ 69,5 bilhões. O número corresponde a um aumento de 9,4% em relação às vendas de 2016.

Para chegar a esse valor, o volume comercializado ultrapassou 4,4 bilhões de caixas de medicamentos. Das 214 empresas que atuam no mercado, 53 concentraram R$ 58,2 bilhões das vendas, com a comercialização de mais de 3,4 bilhões de unidades.

De acordo com O Globo, os dados serão divulgados nesta sexta-feira (23), pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

Vitória Conquista tem 8 médicos cubanos do Programa Mais Médicos

A cidade de Vitória da Conquista possui 8 médicos cubanos do Programa Mais Médicos.

Na Bahia a cidade  com maior número de médicos cubanos em atuação é Teixeira de Freitas  com 17 profissionais de Cuba.

A Sesab informa que  o segundo maior número de cubanos está na cidade de Euclides da Cunha, onde 16 cubanos atuam. Entre as dez cidades com maior número de cubanos, está Serrinha (9), Jacobina (9), Feira de Santana (9), Vitória da Conquista (8), Uauá (8), Remanso (8), Monte Santo (8) e Macaúbas (8).

A Bahia tem 1.522 médicos do Programa Mais Médicos, que estão  em 363 atuando em municípios. Deste total, 846 são cubanos. A Bahia é segundo estado com maior número de cubanos. São Paulo lidera com o maior número.

O Programa vai continuar e o Ministério da Saúde fará ainda neste mês seleção para substituição dos profissionais.

Bahia teve 3º menor média de investimentos em saúde no ano de 2017

Foto: Divulgação

A Bahia teve a 3ª menor média de investimento em saúde em 2017, conforme pesquisa divulgada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) nesta terça-feira (13). O levantamento aponta que, para cada habitante do estado, foram destinados R$ 777,80. O valor é maior apenas que o do Maranhão (R$ 750,45) e do Pará (R$ 730,67). Os montantes apresentados pelo estudo são resultado da soma de recursos de impostos e transferências constitucionais da União a cada uma das unidades federativas e do que é dispensado também pelas administrações estaduais e municipais, com recursos próprios. O gasto médio per capita por estado com saúde é de R$ 1.271,65, de acordo com o estudo do CRF. Apenas quatro estados ficaram acima da média nacional: Roraima (R$ 1.771,13), Mato Grosso do Sul (R$ 1.496,13), Tocantins (R$ 1.489,18), e Acre (R$ 1.306,91). “Enquanto os municípios brasileiros aumentaram gradativamente sua participação na composição das despesas públicas, os Estados, aos poucos, têm retraído sua presença proporcional nas contas da saúde”, avaliou Hermann Tiesenhausen.

Luto em Conquista: Morre Wesley Rodrigues

É com pesar que o Blog do Rodrigo Ferraz informa o falecimento do médico Wesley Rodrigues, figura muito conhecida em Vitória da Conquista, vítima de AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Nas redes sociais, são grandes as manifestações de pesar.

“Meu irmão!!! Vai com Deus!!! Não tivemos tempo de dizer um até breve, a gente fica por aqui pedindo a DEUS que te dê um bom lugar!!! Saudades eternas!!! Semana passada nos falamos e hoje não podemos nem dar um bom dia!!”. Escreveu um dos amigos.

O corpo será velado no Salão Nobre Pax Nacional, a partir das 09h de hoje (sexta-feira).

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Brasil: Alegando declarações “ameaçadoras” de Bolsonaro, Cuba anuncia saída do “Mais Médicos”

O governo de Cuba informou nesta quarta-feira (14) que decidiu sair do programa social Mais Médicos, citando “referências diretas, depreciativas e ameaçadoras” feitas pelo presidente eleito Bolsonaro à presença dos médicos cubanos no Brasil. O país enviou profissionais para atuar no Brasil desde 2013, quando o governo da então presidente Dilma Rousseff criou o programa para atender regiões carentes sem cobertura médica. “O Ministério da Saúde Pública de Cuba tomou a decisão de não continuar participando do Programa Mais Médicos e assim comunicou a diretora da Organização Pan-Americana de Saúde [OPAS] e aos líderes políticos brasileiros que fundaram e defenderam a iniciativa”, diz a nota do governo.

O comunicado não diz a data em que os médicos cubanos deixarão de trabalhar no programa. A OPAS disse que foi comunicada da decisão, sem dar mais detalhes: “Cuba comunicou à Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) a decisão de não continuar participando do programa Mais Médicos e a OPAS comunicou a decisão ao Ministério da Saúde do Brasil”, disse em nota enviada ao G1. Em agosto, ainda em campanha, Bolsonaro declarou que ele “expulsaria” os médicos cubanos do Brasil com base no exame de revalidação de diploma de médicos formados no exterior, o Revalida. A promessa também estava em seu plano de governo. Fora do Mais Médicos, os formados no exterior não podem atuar na medicina brasileira sem a aprovação no Revalida. Mas no caso do programa federal, todos os estrangeiros participantes têm autorização de atuar no Brasil mesmo sem ter se submetido ao exame.

“Nós juntos temos como fazer o Brasil melhor para todos e não para grupelhos que se apoderaram do poder e [há] mais de 20 anos nos assaltam e cada vez mais tendo levado para um caminho que nós não queremos. Vamos botar um ponto final do Foro de São Paulo. Vamos expulsar com o Revalida os cubanos do Brasil”, declarou Bolsonaro em pronunciamento realizado em Presidente Prudente (SP). “Qualquer estrangeiro vindo trabalhar aqui na área de medicina tem que aplicar o Revalida. Se você for pra qualquer país do mundo, também. Nós não podemos botar gente de Cuba aqui sem o mínimo de comprovação de que eles realmente saibam o exercício da profissão. Você não pode, só porque o pobre que é atendido por eles, botar pessoas que talvez não tenham qualificação para tal”, justificou.

Após a decisão do governo cubano, se manifestou pelo Twitter dizendo: “Condicionamos à continuidade do programa Mais Médicos a aplicação de teste de capacidade, salário integral aos profissionais cubanos, hoje maior parte destinados à ditadura, e a liberdade para trazerem suas famílias. Infelizmente, Cuba não aceitou.” Em novembro do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) validou o Mais Médicos e autorizou a dispensa da validação de diploma de estrangeiros ao julgar ações que questionavam pontos do programa federal, como acordo que paga salários mais baixos para médicos cubanos. A atuação dos médicos cubanos no Brasil gera polêmica desde a criação do Mais Médicos. No entanto, o programa contrata profissionais de várias nacionalidades, e não apenas cubanos. No Mais Médicos, pouco mais da metade – 8.556 dos 16.707 participantes – vêm da ilha caribenha, de acordo com dados obtidos pelo G1. Todos os profissionais, independentemente do país de origem, precisam ter diploma de medicina expedido por instituição de ensino superior estrangeira, habilitação para o exercício da profissão no país de origem e ter conhecimento de língua portuguesa, regras de organização do SUS e de protocolos e diretrizes clínicas de atenção básica.

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência: Ministério da Saúde vai doar duas Ambulâncias para Vitória da Conquista

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) vai receber duas novas ambulâncias em Vitória da Conquista. De acordo com o Diário Oficial da União, os dois veículos serão doados pelo Ministério da Saúde, cujo assinatura aconteceu no último dia 25 de outubro. Recentemente o prefeito Herzem Gusmão Pereira locou duas unidades para atender sistema.

Conquista: Amigos e familiares se despedem da advogada Ivana Mascarenhas

É com pesar que o Blog do Rodrigo Ferraz  informa o falecimento da jovem advogada conquistense Ivana Mascarenhas, de 35 anos, após lutar contra um problema de saúde.

Ivana, que é de uma família tradicional em Conquista e era muito conhecida e querida pelos amigos e familiares. Ela faleceu na manhã desta sexta-feira (09), no IBR, deixando o marido e dois filhos.

O velório está acontecendo na Igreja Batista do Candeias, próximo ao Supermercado Santo Antônio. O enterro será às 17hs.

Nesse momento de dor, o Blog do Rodrigo Ferraz se solidariza com todos que conviviam com Ivana.

 

Região Sudoeste: Morre a professora Arlete da Silva Aguiar em Livramento de Nossa Senhora

A professora Arlete da Silva Aguiar, da cidade de Livramento de Nossa Senhora, a 68 km de Brumado, morreu no último domingo (28), no Hospital de Base em Vitória da Conquista devido problemas de saúde. Arlete lecionava na Escola Municipal Dona Tina. A prefeitura de Livramento de Nossa Senhora, emitiu nota de pesar e decretou luto de três dias. Nesta segunda-feira (29) as aulas foram suspensas na cidade.  “É com tristeza que recebemos a notícia do falecimento da professora Arlete da Silva Aguiar, que lecionava na Escola Municipal Dona Tina. Que Deus, em sua infinita bondade, acalente e conforte o coração dos familiares. Em face dessa prematura perda está decretado luto oficial de três dias”.Fonte: Achei Sudoeste 

Conquista-BA: Casos de sífilis continuam crescendo no município

sifilis

A sífilis continua sendo uma preocupação no município de Vitória da Conquista. Isso porque os casos da doença continuam crescendo ano após ano, até o mês de outubro de 2018 já foram confirmados 359 novos casos de sífilis em Conquista. Outro dado relacionado a doença que chama a atenção é que a maioria dos casos está entre jovens de idade com 15 a 35 anos.

A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) causada por uma bactéria. Pode apresentar várias manifestações clínicas e diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária).

A sífilis pode ser transmitida por relação sexual sem camisinha com uma pessoa infectada, ou da mãe infectada para a criança durante a gestação ou o parto. O uso correto e regular da camisinha masculina ou feminina é uma medida importante de prevenção da sífilis. O acompanhamento da gestante durante o pré-natal contribui para o controle da sífilis congênita. [Blog do Rodrigo Ferraz]