Ainda não há prazo de regularização do abastecimento. Não existe diesel na maioria das bombas. Prioridade é abastecer frota à gasolina.

A chegada de um novo carregamento de combustíveis, na madrugada desta quarta-feira (30), traz certo alívio em Vitória da Conquista, mas não impede que os motoristas continuem passando por transtornos. Em vários bairros da cidade, filas quilométricas, contornando vários quarteirões, estão sendo formadas a todo momento. E o pior, não há garantias de que os últimos nestas filas terão seus veículos abastecidos.

A reportagem do Vitória da Conquista Notícias percorreu alguns pontos na cidade e, em todos os postos visitados, as filas são intermináveis. Nos bairros Candeias e Recreio, quatro postos receberam carregamento. No caso dos postos Pantanal (Av. Olívia Flores) e São Jorge (ao lado do Hiper Bompreço), carregamentos foram entregues por volta das 9 horas. Em todos os postos não há diesel comum ou s10 disponíveis, e não há previsão da chegada deste tipo de combustível.

A prioridade, segundo gerentes consultados pela nossa reportagem, é atender a frota a gasolina/etanol, que abrange cerca de 85% de toda frota local. Alguns postos estão impondo limites de R$100 e R$50 de consumo, para que outros motoristas no final da fila possam ser atendido. É consenso entre os postos que a situação será declarada normalizada apenas no início da próxima semana. Veja imagens exclusivas do VCN in loco: