Uma moradora da cidade de Barreiras (BA), de 36 anos, identificada por Deysivania C. do Rego de Paula, foi levada ao hospital após ter o braço amputado e sofrer evisceração, ou seja, ter as vísceras extraídas do abdômen, e que teve o braço amputado, após ser atingida por uma lancha.

Ela foi socorrida após acidente no Lagoa Paranoá, na orla do Pontão do Lago Sul, na tarde deste sábado (29). Horas depois, na na madrugada deste domingo (30), a mesma não resistiu e veio a óbito, que foi confirmado pela Polícia Civil. Ela, com o marido e filhos estavam a passeio em Brasília. Segundo a corporação, a vítima, se jogou no lago para salvar o filho, uma criança que também estava na embarcação e caiu na água.

Clique aqui para receber notícias do WhatsApp !

WhatsApp oficial 77 98838-2781 

Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Siga nosso Instagram

Curta nossa Pagina no Facebook

Com Informações do Vitória da Conquista Notícias

Helicóptero do Corpo de Bombeiros; militares prestam socorro à mulher que caiu de lancha no Lago Paranoá, no DF — Foto: CBMDF/Divulgação

“Durante manobra para ancorar a embarcação, uma criança caiu na água e sua mãe, de 36 anos, teria mergulhado para resgatá-la”, diz trecho do boletim de ocorrência. A criança foi resgatada e a mãe foi atingida pelo motor da lancha. O condutor da embarcação, que trabalha como marinheiro e tripulante na empresa dona do veículo, foi levado para a delegacia, prestou depoimento e foi liberado. De acordo com a Polícia Civil, ele realizou o teste de alcoolemia, que não apontou a ingestão de bebidas alcóolicas. O caso é investigado pela 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul).

Nenhuma descrição de foto disponível.